Gerenciamento de crises

Nem bem começamos o ano de 2010 e já acompanhamos os noticiários na tv sobre os desastres naturais em decorrência da chuva intensa.

E a cidade de Angra dos Reis – RJ é o principal foco das atenções. Houve um desabamento de terra no Morro da Carioca, ocasionando mortes e desaparecimentos.

No dia 1º de janeiro o Jornal Hoje da rede Globo transmitiu  reportagens, entrevistas e imagens sobre o caso. Entre essas, a fala de coordenador de Relações Públicas da Defesa Civil de Angra dos Reis – Francisco Judice.

Eis o ponto no qual quero chegar. Num momento de crise e calamidade qual importância do profissional de relações públicas no processo de comunicação?

Conceituando, entende-se por crise: “um acontecimento extraordinario, ou uma série de acontecimentos, que afeta de forma diversa à integridade do produto, a reputação ou a estabilidade financeira da organização; ou a saúde e bem-estar dos empregados, da comunidade ou do público em geral.” (Wilcox: 2002: 191)

O senhor Francisco Judice teve a responsabilidade  de informar com clareza e objetividade a situação atual do caso. Sem dúvida, o profissional deve ter calculado corretaente o tempo concedido, para que não houvesse excesso e nem falta de informações. Levando em consideração, ainda, a ética do profissional ao lidar com outras vidas.

Há a clara demonstração do planejamento estratégico que cabe ao profissional de Relações Públicas em qualquer situação, sobretudo num momento de crise.

Veja o vídeo com a entrevista de Francisco Judice, coordenador de Relações Públicas da Desefa Civil de Angra dos Reis.

Veja ainda, um artigo extraído do site Portal RP entitulado: A comunicação em momentos de crise de Octavio Isaac Rojas Orduña (Master em Comunicação Corporativa e Publicitária e Especialista em Comunicação e Gestão Política, ambos pela Universidad Complutense de Madrid).

Anúncios

3 pensamentos sobre “Gerenciamento de crises

  1. Só vc para um sábado a noite ir atrás de conceitos sobre crises, de trazer à publico um excelente texto sobre a importancia de nossa profissão.

    RP na veia

  2. Acredito que acima de tudo o profissional de Relações Públicas tem o papel de tornar melhor as relações, trazendo o bem estar a todos os envolvidos.

    Em um momento de crise o RP se posiciona e busca apazigar os falatórios, demonstrando o respeito que a entidade tem pelos envolvidos pela crise, passando assim as informações e medidas que serão tomadas com o intuito de demonstrar que algo será feito para que os problemas não se repitam.

    É desta forma e com aplicações de medidas de solução, que muitos Rps brilham e conseguem reverter a uma imagem negativa criada por uma crise, reconquistando novamente a confiança de seus públicos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s