Os meninos da Vila e as desculpas de Faustão!

Diariamente vemos diversas situações polêmicas na mídia nacional, porém duas me chamaram atenção especial.

Primeiro as desculpas do apresentador Faustão sobre o “imbecil” que soltou na final da dança dos famosos (24/07) e segundo, o polêmico vídeo dos meninos da Vila (31/07), no qual ofendem os torcedores e até os companheiros de time.

No primeiro caso, as desculpas foram decorrentes da atitude equivocada do apresentador, o vídeo parou no Top Five semanal do programa CQC, creio que por esse fato criou mais repercussão na mídia.

No segundo caso, o vídeo dos meninos da Vila ainda está causando muita polêmica nos programas jornalísticos e futebolisticos, pelo que consta não há nenhuma retratação oficial  da presidência do time, comissão técnica ou dos jogadores envolvidos.

Mas, onde entra o relações públicas nesses dois fatos?

Tanto o Santos Futebol Clube quanto a TV Globo são organizações, hierarquizadas, que geram lucro e que são julgadas constantemente pela opinião pública. Digamos, que estas situações equivalem a uma controvérsia pública. Houve desrespeito de ambos protagonistas e consequentemente mancharam a imagem institucional.

Eis o desafio, como agir, enquanto profissional de relações públicas dessas organizações para retratar-se perante a sociedade e comunidade interna?

O Faustão fez seu pedido de desculpas público, atitude muito inteligente diga-se de passagem, os meninos da Vila por enquanto não se pronunciaram em público, mas creio que não demorará muito, ainda mais em fase de final da Copa do Brasil, entrar no campo com a torcida revoltada não vai ser bom para o time, penso eu.

Na minha opinião, manter os públicos informados com transparência e maturidade é a melhor saída. E na sua opinião? Como agiria o profissional de relações públicas?

Abaixo o vídeo do chingamento e as desculpas do Faustão e o polêmico vídeos dos Meninos da Vila. Na página do YouTube é possível ver as pessoas comentando suas opiniões, vale a pena conferir o fenômeno da opinião pública se manifestando:

Anúncios

4 pensamentos sobre “Os meninos da Vila e as desculpas de Faustão!

  1. A diferença, na verdade, foi que o Faustão teve a pró-atividade de falar em seu programa. Ele mesmo busco a “correção”. Já os jogadores não se pronunciaram por livre vontade, esperaram serem entrevistados. Não buscaram a imprensa, né?
    E mesmo assim, como o Ivan disse, “não foram nem um pouco convincentes”…
    Agora, se eu fosse Relações Públicas do Santos, por exemplo, não faria uma coletiva, ao contrário doq pode parecer, isso pode estragar ainda mais a imagem do clube. Infelizmente os jogadores não sabem se portar diante a mídia. Onde já se viu falar “sou humilde, pq vim da periferia e bla bla bla”.Isso justifica?!
    Isso pode causar certo “amolecimento” no coração de algumas pessoas. Mas a mídia não engole isso, ela distorce facilmente…rs
    Oq foi feito, já está feito, logo procuraria brincar com isso, nas propagandas e comerciais; faria twitcam de outros momentos do time completo, uma concentração talvez.
    Bem, não sei, é preciso estudar bastante o caso..rs
    Enfim, ótimo gancho para o post, Taís!

  2. O que acontece é que eles estão se achando por cima do bem e do mal. Estão na crista da onda e acham que podem fazer tudo e com todos.

    O Santos já se mexeu e fez uma “cartilha” para o twitter, mas na verdade o problema deles estão é no deslumbre.

  3. em minhas pesquisas pela internet sobre esporte.. (Pesquisas?! sou um apaixonado por isso, leio tudo hehe), encontrei um post, do Erich Beting, Jornalista renomado, a melhor constatação sobre o fato…
    E acredito que seja esse o problema…
    http://migre.me/12aJH

    E é um problema não só do Santos, mais da grande maioria dos nossos atletas, não podemos criticar apenas eles, temos que ver que o(s) clube(s) não dão nenhum auxílio para a formação destes “meninos”.
    Infelizmente!
    Por isso que além do fato de cuidar da imagem da empresa nesse caso…
    Gosto de lembrar de uma frase que ouvi do professor Cyro Couto quando eu ainda fazia faculdade (quem vê faz muito tempo que terminei)…
    “Rp além de comunicador é também um agente transformador”

    Ótimo post para um gancho sobre essa discussão, que levaria a MUITOS outros posts ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s