Públicos sobre trilhos

Moro em São Paulo, município que possui uma população estimada em mais de 10 milhões de habitantes. Gente de toda parte do mundo.

A cidade não para de crescer e a preocupação dos governantes com os transportes públicos não acompanha esta demanda, como mostra essa recente reportagem do Jornal da Record.

O que eu quero expor aqui tem a ver com o caos do sistema de transporte paulistano e com a forma eficaz da utilização da Comunicação Dirigida nos transportes sobre trilhos, tanto pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), como na Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô).

A comunicação é algo essencial para o desenvolvimento humano, que segue a evolução tecnológica. Há bem pouco tempo, a comunicação mais efetiva era a de massa, com o intuito de propagar algo ao maior número de pessoas possíveis de uma só vez. Alguns meios da comunicação de massa são as revistas, a televisão, o cinema, o rádio, a internet e o jornal.

A globalização é um fenômeno que encurtou a distância entre as nações e se potencializou com a criação de ferramentas tecnológicas, que aceleram a velocidade da transmissão de informações. Empresas perceberam que, ou se comunicavam para um público-alvo ou poderiam falir, pois expor suas ideias de uma forma qualquer ao seu público, ao estilo da teoria hipodérmica, não teria mais validade: a teoria desenvolvida no começo do século passado acreditava que uma mensagem atingiria a qualquer um do mesmo modo. E para evitar esse hiato entre o que se quer comunicar com o que se é entendido é que a comunicação dirigida ganha importância, pois as instituições querem saber qual é o melhor meio e mensagem para alcançar seu público. O feedback de qualidade torna-se o norte de organização. Especificar e segmentar os públicos gera uma aproximação:

A comunicação dirigida destina-se a públicos específicos, pré-determinados, e conseqüentemente, mais conhecidos pelos idealizadores das diferentes estratégias de aproximação possíveis (KUNSCH, 1997).

Nos dias atuais, a internet e o celular são os principais meios, tendo como principais instrumentos ferramentas como o e-mail, Twitter, comunidades no Orkut, blogs, perfis no Facebook e mensagens via celular. O Metrô acaba de lançar um novo serviço de denúncias via SMS, para que seus usuários, ao verem uma irregularidade, possam avisar a segurança imediatamente, algo que já acontecia nos trens da CPTM há algum tempo.

O transporte sobre trilhos de São Paulo utiliza bem este veículo, mesmo em meio ao transtorno e estresse que é andar nesses veículos. Justificando o injustificável, tanto a CPTM como o Metrô têm algumas ações legais. No caso do Metrô, a responsável pela execução da comunicação dirigida escrita é a Agência Sabiá, que trabalha através de ações de cidadania. Adesivos para conscientizar o usuário do transporte como Obrigado por deixar a esquerda livre, para evitar tumulto nas escadas rolantes ou Obrigado por respeitar o assento preferencial, ajudando a garantir um direito de pessoas que necessitam de tais assentos, apontam estratégias válidas.

Sobre o usufruto dos assentos preferenciais, percebemos que a Lei Federal 10.048/2000, de 8 de novembro, assegura no artigo 3: “As empresas públicas de transporte e as concessionárias de transporte coletivo reservarão assentos, devidamente identificados, aos idosos, gestantes, lactantes, pessoas portadoras de deficiência e pessoas acompanhadas por crianças de colo.” A comunicação dirigida é de extrema importância para manutenção da Lei: são utilizadas nos transportes cores de assentos diferenciadas, além de uma placa que cita a obrigatoriedade e comunicando quem pode utilizar aquele lugar. Esta é uma mensagem direta aos usuários que utilizam o coletivo, pois, na presença de alguns desses casos, aquele banco está reservado. Trata-se de um processo informativo e orientador como a comunicação dirigida deve ser :

O autor Andrade (1965) define comunicação dirigida     como sendo o “processo que tem por finalidade transmitir ou conduzir informações para estabelecer comunicação limitada, orientada e freqüente com determinados números de pessoas homogêneas e identificadas” (ANDRADE, 1965, p.163).

No carnaval de 2009, um cartaz para campanha interna do Metrô foi criado para conscientizar o usuário sobre o uso do preservativo:Tem sempre uma que combina com sua fantasia. Nesse carnaval, use a cabeça. Use a camisinha.”


Em 2010, para diminuir os furtos e roubos de objetos como carteiras, celulares e demais objetos de valor dentro das composições, foi lançada uma campanha com a frase: “Onde está sua bolsa neste momento?”.

Não se sabe se estas ações utilizam-se de forma proposital da comunicação dirigida ou se essa teoria é conhecida pelos responsáveis pela comunicação do Metrô ou funcionários da agência. Porém, podemos perceber que são ações de impacto e chegam aos seus receptores com sucesso. Agora, se a atitude dos cidadãos mudará, já é algo difícil de se responder, pois, por melhor que seja o profissional de comunicação, existe algo que ele não pode fazer: o milagre. Mesmo que nós, relações públicas, saibamos de estratégias para melhorar o relacionamento dos cidadãos e como estes órgãos de transporte público, não podemos ensinar valores, educação, respeito. Podemos transmitir o que é socialmente melhor para todos, mas não forçar e nem sanar a revolta do usuário que acorda cedo e paga por uma passagem alta que não condiz com o custo/benefício da qualidade da viagem principalmente, em horários de maiores fluxos, conhecidos como “horários de pico”. Ainda há um grande descaso por parte das autoridades governamentais, que investem muito aquém do que se é realmente necessário para se ter um transporte coletivo considerado, no mínimo, bom.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Públicos sobre trilhos

  1. Diego,

    Parabéns pelo texto! Um boa reflex~~ao sobre o tema.
    Abraços,
    @alexandre_amc

  2. O texto dialoga muito bem teoria com prática e mostra o quão fundamental é o uso da Comunicação Dirigida para se chegar a um determinado fim. Além disso, a crítica feita ao modo como a CPTM e o METRO utilizam esses meios foi uma excelente idéia. Parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s