Mídias Sociais para empresas B2B. Realidade?

Algumas pessoas não acreditam no trabalho de mídias sociais para B2B (business to business), ou seja, empresas que mantem negócios com outras empresas e não com o consumidor final. Vamos confessar? É mais difícil, sim, fazer mídias sociais para uma empresa B2B, exige um profissional qualificado e antenado ao mercado da empresa e às mídias sociais. Mas alguém, algum dia, disse que era impossível? Eu, particularmente, acho bem interessante: comunicação direcionada, pessoas realmente engajadas com o assunto, marketing de conteúdo e muito mais.

Para a imagem institucional de uma empresa B2B é importante essa questão de como trabalhar as MS. Uma presença planejada e estruturada traz inteligência ao negócio. É isso mesmo, o que qualquer trabalho precisa, certo? Análises amplas de benchmarking, planejamento, criação e gerenciamento de conteúdos, ações casadas entre o off e on line, monitoramento, e você está pensando agora “etc, etc, etc…”, mas é sempre bom ressaltar e  observar que sim, é um trabalho estruturado, bem como para empresas B2C.

Sem contar na questão do pioneirismo. Você não vai querer viver a sombra do concorrente que sempre se prepara antes da sua empresa, né? Pioneirismo é uma das chaves para um negócio dar certo, em qualquer área. Promova ações legais e de interesse para o seu público e faça o concorrente se coçar para te copiar.

Vamos pensar no que é necessário para o trabalho atingir o objetivo:

Convencer o executivo da empresa!

Já pensou se ele não comprar a sua ideia? Ponto negativo! Sem ele, nada sairá do papel. O profissional precisa mostrar o valor. Mostre exemplos, argumente, posicione-se como o especialista que sabe do que está falando e dê a ele elementos de que o trabalho será positivo com o apoio e investimento dele. Eu sou a favor de deixar claro que se ele não investir será só mais uma empresa que está ali para marcar presença e faça-o entender que investimento não é só pagar um salário e abrir contas em todas as redes sociais do mundo.

Entender seu público.

É claro que pensaram nisso, né? Conheça o público que você quer trabalhar, faça o plano de como atingi-lo, em qual rede social, com qual foco, qual linguagem, melhores horários, entre outros.

Elaborar conteúdos relevantes

Básico? Sim! Mas aqui que a coisa toda complica. A empresa, provavelmente, estará falando com especialistas na área, e isso aumenta a probabilidade de erro em algum dado. A comunicação precisa ser exata e muito clara, para garantir que não haja ruídos na comunicação.

Por exemplo, o blog corporativo (lê-se: não o diário institucional) é uma ferramenta poderosa para você mostrar como a sua empresa é especialista no que faz. O conteúdo direcionado mantém clientes atuais e atrai muitos outros que queiram entender sobre o mercado. Claro, todos nós sabemos que não dá para fazer artigos de 10 mil caracteres em blogs, e aí está o seu desafio. Deixar relevante, interessante, dinâmico e de fácil leitura. Confira tudo, releeia, apure os dados e vá na fé.

Lembre-se de que você está nas mídias sociais

Isso é o que a empresa não pode esquecer e que não depende do público-alvo. Em uma mídia social, a empresa precisa acreditar na palavra interação. Ninguém gosta de falar para ninguém, e isso é amplificado nas mídias sociais. Então, sempre interaja, SEMPRE.

A empresa fala com pessoas. Mesmo sendo B2B, ainda sim é outra pessoa que está na outra tela. Deixe sua comunicação fluir humanamente.

Outro ponto importante: MS não são diários. Nestes meios, a empresa não deve falar dela 100% do tempo, os executivos não podem encarar ali como o seu diário. Produza conteúdos interessantes e relevantes para o público-alvo que você mapeou.

Por fim (zzzZZZzzzZZZzzz), no segmento B2B a chave do sucesso é o marketing de conteúdo. Saber como promover todo o conhecimento e expertise que os profissionais da empresa têm é o que agregará o valor e credibilidade a sua marca, e como consequência, trará o valor ao seu produto/serviço e fará outras empresas firmarem novos negócios com você. Pense nisso e corre para o abraço!

Anúncios

2 pensamentos sobre “Mídias Sociais para empresas B2B. Realidade?

  1. Pingback: Retrospectiva Versátil RP – 2012 « Versátil RP

  2. Pingback: Planejamento e Diversidade na Comunicação Digital | Parte I | Versátil RP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s