Reestabelecer a imagem de Valério, Bastos e goleiro Bruno? Desafio aceito.

desafio aceitoSempre que vejo nos noticiários casos polêmicos que envolvem a Justiça fico imaginando a razão pela qual o colega advogado aceitou defender o acusado. Sim, sei que há diversas hipóteses que influenciam, como o desafio do caso, o valor dos honorários, a repercussão, o possível reconhecimento, a mídia e demais razões que talvez sejam interessantes para um advogado.

Agora, transfiro a missão para o campo das Relações Públicas, você aceitaria recompor a imagem de Marcos Valério, Rafinha Bastos ou a do goleiro Bruno?

Cenário: vamos supor que todos tenham sido condenados pelos crimes que foram acusados e que já tenham cumprido suas sentenças, agora eles buscam um assessor para reestabelecer sua imagem perante a sociedade. E mais, a remuneração é interessante, o desafio proporcionará aprendizado e vai alavancar sua carreira. Baseando-se nos princípios éticos da profissão e em seus próprios valores, qual caso você aceitaria trabalhar?

Relembrando:

Marcos Valério: publicitário, sócio-proprietário de uma agência que fazia campanhas eleitorais. Sua primeira aparição na mídia foi sobre o “Valerioduto” – um esquema de financiamento irregular -, depois foi acusado de envolvimento no mensalão, esquema de tráfico de influência e compra de votos dos parlamentares. Na última atualização do caso, Marcos Valério, acusa os ex-presidente Lula de envolvimento no mensalão.

Rafinha Bastos: humorista, jornalista e empresário. Trabalhava na bancada do programa CQC da Band até o dia em que ofendeu a cantora Wanessa Camargo, foi processado por danos morais e condenado a pagar 150 mil reais, além do corte de vínculos com a emissora.

Goleiro Bruno: acusado de envolvimento do cárcere privado, assassinato e ocultação de cadáver da mãe de seu filho, Eliza Samudio, o julgamento será realizado em março e o debate sobre quem encomendou e realizou o ato segue em debate.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Reestabelecer a imagem de Valério, Bastos e goleiro Bruno? Desafio aceito.

  1. Eu aceitaria o Rafinha Bastos, visto que a declaração dele não possui um grande peso criminal como a do Marcos ou do Bruno.

    Acredito que o desafio nem é tanto a questão de qual dos três escolher, mas sim quais instrumentos e ferramentas utilizar para restabelecer de forma eficaz imagens tão manchadas.

  2. Marcos Valério teve relações financeiras com setores do PT. Como teve com uma parcela do PSDB de Minas. Empresas de Valério tiveram negócios com empresas do grupo Opportunity, de Daniel Dantas. Dantas teve ligações importantíssimas com gente importante no PSDB. Como teve ligações importantes com gente importantíssima no PT. Já passou da hora do PT vir a público e admitir os erros brutais que cometeu nesse contubérnio.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s