RP, Trade Marketing e a Tramontina

tramontina-biblia-churrasco-1O que tem em comum entre as Relações Públicas com o Trade Marketing? Para mim, tudo está interligado quase que impossível de se separar. Desde o relacionamento com clientes às ferramentas para a comunicação com seu público-alvo: que, no caso, é um outro interessado no consumidor final, o chamado B2B (Business-to-Business).

Trade Marketing nada mais é que o elo de comunicação entre os setores de Marketing e de Vendas dentro da empresa, e o relações-públicas é o responsável por esta união através de técnicas, práticas e ferramentas de comunicação e endomarketing, alinhando as estratégias de marketing para os canais de distribuição e execução diretamente no ponto de venda e gerenciando o relacionamento com os clientes.

Acredito que a principal função de quem atua nesta área é estudar o comportamento do shopper, para identificar oportunidades de alavancar o crescimento e lucratividade dos negócios. Basicamente, é possuir o maior foco no consumidor, buscando entender como funciona o processo de tomada de decisão do cliente, analisando quais são os fatores de influência de compra e atuando como um catalizador de mudanças para reduzir mais ainda os custos, gerando demanda no ponto de venda, através de táticas que agreguem valor e fortalecendo a marca no PDV, desenvolvendo relacionamento com os consumidores para proporcionar aumento das vendas e da participação de mercado.

Através das práticas de Relações Públicas no campo do Trade Marketing, é possível adaptar os produtos, as marcas e suas políticas e estratégias de marketing, de modo a atingir o consumidor diretamente na ponta do PDV, atendendo do melhor modo possível as necessidades de canais comerciais e de clientes estratégicos.

Um exemplo claríssimo da atuação do Trade Marketing é o gerenciamento por categorias utilizados em grandes redes varejistas. Gerenciamento de categorias é uma nova forma de gerenciar com base nas necessidades do consumidor e em um relacionamento mais integrado entre fornecedor e varejista (B2B – business-to-business, duas empresas, interessadas em atingir o mesmo cliente com o mesmo produto), envolvendo muito mais do que volume x preço, é um processo de parceria que consiste em definir categorias de produtos conforme a necessidade que atendam o shopper e gerenciá-las como se fossem unidades estratégicas de negócios. Redes de super e hipermercados já utilizam desta estratégia junto aos seus principais fornecedores, em contato e negociações diretas com o Trade Marketing.

Recentemente, a Tramontina lançou uma ação sensacional de relacionamento da marca com donos de restaurantes e chefs, um livro chamado “A Bíblia do Churrasco”, criada especialmente para ser utilizada no preparo de um churrasco. Cada página é utilizada para uma etapa do churrasco, como, por exemplo, uma página feita de carvão, que se destaca, sendo possível utilizá-la junto com outra página que é inflamável para acender a churrasqueira. A própria capa do livro é feita de madeira e pode ser utilizada como tábua de carnes, dentre outras páginas úteis para preparar o tradicional churrasco brasileiro. Uma ação de Trade Marketing incrível utilizando de Marketing de Relacionamento para se aproximar de um público altamente estratégico e formador de opinião.

Vale a pena conferir:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s