RP Week: o marco da revolução das Relações Públicas no Brasil

10599357_731743843538902_2472219683427285072_nPor Vinícius Cardoso de Oliveira

No começo de 2013 decidi jogar tudo para o alto e investir em algo que – hoje entendo – é mais que minha paixão, é meu estilo de vida. Me inscrevi no vestibular para o Curso de Relações Públicas pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e fui aprovado. Mal sabia que as mudanças estavam apenas começando.

Como historiador sei que toda grande revolução tem um marco. Posso assegurar que o marco na revolução da atividade de Relações Públicas em terras tupiniquins se deu na RP Week: A maior semana de Relações Públicas do Brasil e posso dizer com orgulho que fiz parte desta revolução!

Havia chegado a semana tão esperada! A RP Week havia começado, nos mergulhando no universo de RP, por vezes inexplorado. Aprendemos muito através dos Workshops, palestras e mesas-redondas. Aprendemos ainda mais convivendo com pessoas que compartilham dos mesmos sonhos, aspirações, medos, dúvidas e vontades que nós.

Tive a honra de participar da primeira mesa-redonda. O tema era: Como a gente pode trabalhar junto para mudar o jogo e contava com os presidentes do CONFERP, ABRP e ABRACOM, além de uma professora de RP da Faculdade Cásper Líbero. Foi um tempo excelente de crescimento, em que pude colocar o que muitos alunos pensam e ainda não haviam tido oportunidade de falar. Dali saíram propostas de como podemos trabalhar juntos para transformar o campo de RP no Brasil.

Respirar Relações Públicas na cidade mais RP do Brasil foi incrível. Ver RP acontecendo de forma intensa e apaixonante foi sensacional. Saber que podemos ser Relações Públicas fazedores, que vão à luta, que se posicionam como gestores de todo processo comunicacional foi, desculpe a expressão, FODA!IMG-20140903-WA0044

Fica aqui meus agradecimentos aos idealizadores da Todo Mundo Precisa de um RP: Guilherme Alf, Amanda Takassiki, Pedro Prochno e Ariane Feijó, por ter-nos proporcionado esse evento “power”! Não posso citar nomes sob risco de esquecer alguns, mas aqueles que andaram comigo durante a RP Week fizeram com que eu me apaixonasse ainda mais pela profissão. Principalmente quando improvisamos uma agência de Relações Públicas no meio do Ibirapuera, vendendo coxinhas e prestando consultoria (mas isto fica para outra história).

Saí da RP Week com a certeza de que, por menor que eu seja hoje, posso fazer algo para que todo mundo saiba o que faz um RP. Muito ainda precisa ser feito, mas não tem problema, somos determinados e RPs de nós mesmos, afinal, Todo Mundo Precisa de um RP.


Por Vinícius Cardoso de Oliveira, graduando em Relações Públicas pela Universidade Federal de Goiás.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s