Associação Brasileira de Relações Públicas (ABRP-SP)

ABRP1

Essa semana, dia 03, acontece a cerimônia do Prêmio ABRP. Então, aproveitando a oportunidade o Versátil RP conversou com o atual presidente da Seção SP, Marcus Vinicius Bonfim, para falar um pouco sobre a Associação Brasileira de Relações Públicas (ABRP).

A ABRP há quase sessenta anos, reúne profissionais, docentes, estudantes em São Paulo para debater o desenvolvimento do campo da Comunicação e das Relações Públicas.

Desde 1982, a ABRP-SP reconhece os talentos dos egressos dos cursos de relações públicas, em nível de graduação, por meio de um Concurso Universitário Nacional de Monografias e Projetos Experimentais. Esta premiação é a única e mais longeva atividade de avaliação da competência dos recém-formados em relações públicas.

A partir de 2007, na comemoração dos 25 anos de criação do Concurso Universitário, instituiu-se o Troféu “Cândido Teobaldo”, que homenageia aqueles que dão contribuições significativas para o fortalecimento da categoria e recebe o nome de uma das mais importantes personalidades da área de relações públicas, cujas contribuições foram essenciais para a construção da identidade de uma atividade de forma plural e com bases sólidas. Foram instituídas três categorias: “Entidade”, “Mercado” e “Academia”.  Na mesma ocasião, acrescentou-se a categoria pós-graduação em nível de especialização, ampliando o espaço de reflexão e de pesquisa, tornando o agora Prêmio ABRP – Concurso Universitário Nacional de Monografias e Projetos Experimentais de Graduação e Pós-Graduação – ainda mais prestigiado pela comunidade.

1797954_10152176872795606_1591226866_nPara entender mais sobre a associação e sua contribuição com a comunidade, entrevistamos
Marcus Vinicius Bonfim, Presidente da ABRP.

Versátil RP – Quanto custa se associar?

Marcus Vinicius Bonfim – A ABRP São Paulo tem quatro categorias para filiação: para estudantes, o valor é de 60 reais por ano; para profissionais, bacharéis e professores, o valor é de 120 reais por ano; empresas ou agências e universidades. Para se associar, basta preencher o formulário no site da www.abrpsp.org.br, vamos checar as informações e deliberar em reunião da diretoria se o proponente poderá se filiar ou não, daí o interessado faz o pagamento.

VRP – Quais os benefícios da associação?

MVB – O principal benefício que uma entidade como a ABRP tem a oferecer é o relacionamento entre os colegas e o compromisso com o desenvolvimento e o fortalecimento cultural em torno das Relações Públicas. Devemos perseguir essas interações que podem gerar novas oportunidades de negócio, relacionamento e de comunicação a partir do compartilhamento, colaboração e troca de conhecimento entre os pares que são sócios da entidade.

VRP – Como a ABRP contribui com os profissionais de Relações Públicas que já estão no mercado de trabalho? Há alguma contribuição com quem não é associado?

MVB – E vamos junto com o Conrerp 2ª Região construir um clube de benefícios, então quem for associado a ABRP terá benefícios especiais junto aos parceiros do Conselho, e quem for profissional registrado também irá obter vantagens. Estamos estudando a melhor forma de consolidar isso, e teremos novidades em alguns meses.

VRP – O network entre academia e mercado, só ocorre entre os associados (empresas, universidades e estudantes)? Existe divulgação para as empresas não-associadas?

MVB – As ações da ABRP em relação ao networking não se restringem apenas a relação das universidades e estudantes com empresas e agências, que é o foco do programa ABRP Visita, mas também buscamos com empresas não-associadas e entidades setoriais como a UBRAFE, o SEBRAE e ABRH divulgar a atividade de Relações Públicas e desenvolver parcerias para ampliar o mercado de trabalho aos profissionais e estudantes, associados ou não.

VRP – Quais atividades/eventos são promovidos pela associação? Há algum evento voltado aos não-associados?

MVB – O trabalho e a missão da associação é criar pontes, facilitar relacionamentos. E, paralelamente a isso, por sua história, dar visibilidade à nossa atividade pela promoção da memória e da cultura de Relações Públicas para as organizações em diferentes aspectos. Todos os nossos programas – ABRP Visita, Café com Ideias – recebem de braços abertos associados e não associados nos eventos e temos os cursos também para que participem das ações da ABRP.

VRP – O que é oferecido aos estudantes depois que são indicados ou ganham prêmios?

MVB – Após o Prêmio ABRP, os primeiros colocados nas subcategorias de Projetos Experimentais (Indústria, Comércio, Serviços, Setor Público, Terceiro Setor, Cultura, Start Ups e Negócios Web e por fim Esporte, Lazer e Turismo) concorrem ao Troféu Abertura, concedido pelo Conrerp 2ª Região ao melhor trabalho entre estes. O Troféu Abertura é entregue pelo Conselho Regional durante o Prêmio Opinião Pública, tradicionalmente na semana do Dia Nacional das Relações Públicas, em dezembro.

Temos um projeto de fazer um acompanhamento junto aos clientes dos trabalhos vencedores, saber se e como estão aplicando as estratégias do planejamento dos trabalhos, se estão recorrendo aos alunos, etc., esse monitoramento deve começar em 2015 dentro do Núcleo de Pesquisas que vamos instituir na ABRP para fazer isso.

VRP – Quais cursos são oferecidos? Em qual periodicidade?

MVB – Nossa proposta é de oferecimento de cursos sob demanda, ou seja, a partir de um número mínimo de associados interessados em um determinado tema, nós buscamos um instrutor qualificado para atender esta demanda e só depois deste curso estar acertado entre o palestrante e os associados locamos um espaço para o curso e dependendo da disponibilidade abrimos vagas para estudantes e profissionais não associados se inscreverem e participarem dos cursos.

VRP – Qual o alcance da ABRP nas universidades?

MVB – Aqui em São Paulo a ABRP tem um bom alcance e relacionamento com os coordenadores dos cursos de RP. Desde 2010 realizamos um encontro na sede da associação chamado “Café com Ideias” quando nos reunimos com os coordenadores para conversar sobre o mercado e acertar parcerias com os cursos. E com o Prêmio ABRP temos um alcance nacional. E realizamos o ABRP Visita nas universidades de acordo com a agenda definida em conjunto com os coordenadores dos cursos.

VRP – Quais são os objetivos desse mandado? Estão próximos desses objetivos?

MVB – Meu mandato como presidente termina agora no fim de 2014 e neste segundo semestre teremos eleições para a gestão 2014/2016 da associação. Nós formamos uma diretoria com profissionais em diferentes estágios e vivências pessoais e na carreira, e principalmente, descentralizada, ou seja, tínhamos diretores que moram e atuam em cidades como Sorocaba (Prof. Ms. Maurício Marra), Campinas (Profa. Esp. Cristina Micaroni Altieri) e Santos (Prof. Ms. Wellington Lisboa), e daqui da capital temos a Profa. Me. Ágatha Camargo Paraventi, e atuando no mercado temos a Dayane Azeredo, o Rodrigo Pimenta e eu, Marcus Vinicius Bonfim, que leciono na FECAP.

Nesta gestão demos continuidade aos projetos da gestão anterior que foram bem, como o “ABRP Visita”, o “Café com Ideias” (encontro com os coordenadores dos cursos de RP do estado de SP) e buscamos ampliar o relacionamento da entidade com os cursos de Relações Públicas, especialmente no interior, indo a cidades que têm demandas de profissionais de comunicação.

Tínhamos a ideia de fazer essa divulgação institucional por meio de parcerias com as Associações Comerciais e Industriais, contando com a presença desses diretores que estão no interior para fortalecer parcerias, incentivando a nossa rede de associados para que sejam, por exemplo, os ministrantes das palestras e dos cursos, dar oportunidades de visibilidade para muita gente nova e boa que está no mercado fazendo coisas bacanas. Pegando o espírito do crowdsourcing, queríamos dentro da nossa rede de associados captar as expertises para gerar valor para a entidade e a profissão, e cada associado que desejar fazer parte destes e de outros projetos que estamos discutindo como e quando implementar será muito bem-vindo.

Infelizmente tivemos a saída de cinco diretores por motivos profissionais e isso dificultou o desenvolvimento dos nossos projetos, já que não dispomos de muitos recursos financeiros suficientes para ter profissionais para trabalharem administrativamente na associação, todo o trabalho é feito pelos diretores e com apoio de uma valorosa estagiária que nos assiste na sede.

VRP – Haverá plenária da ABRP este ano? Há previsão de data?

MVB – Sim, faremos ainda neste segundo semestre duas reuniões plenárias, que são abertas e públicas, porém só os associados votam e deliberam nas reuniões. O calendário ainda não está acertado ainda, mas divulgaremos as datas no site da ABRP-SP.

VRP – O que estão fazendo em relação ao 100 anos de Relações Públicas no Brasil?

MVB – Já fizemos uma ação no facebook no dia 30 de janeiro, quando oficialmente entramos no centenário. Naquela data, em 1914, foi criado o primeiro Departamento de Relações Públicas no Brasil, chefiado pelo engenheiro Eduardo Pinheiro Lobo na Light São Paulo, atual AES Eletropaulo.

10403584_845072975532809_4848600505649522480_nA cerimônia do Prêmio ABRP em 3 de outubro no Teatro CIEE também terá uma homenagem alusiva aos 100 anos de Relações Públicas no Brasil. Além disso, vamos fazer uma ação especial em conjunto com o Conrerp 2ª região São Paulo/Paraná e o Conferp, na semana de 27/11 a 02/12 que está em planejamento e será divulgada em breve.

A equipe do Versátil RP agradece imensamente a valorosa colaboração. E você, caro leitor, pode conferir neste link a entrevista anterior do Presidente da ABRP Marcus Vinicius Bonfim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s