071 – RP escreve a sua história com Diego Galofero

rp-facebookAchou que nossa equipe ia ficar de fora? Não, vamos abrir o espaço da série para os nossos que também fazem algo pela categoria. O entrevistado de hoje é o Diego Galofero, graduado em Relações Públicas pela FAPCOM, sou profissional autônomo.

Junto com Taís Oliveira criou o Blog Versátil RP, trabalhou no Portal Comunique-se, Assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP) e nas Ongs SOS Juventude Real Parque e Instituto Vida São Paulo. Atualmente trabalha em um novo projeto que será lançado em breve.

VRP: Por que escolheu estudar Relações Públicas?

DG: É muito clichê mas vou falar algo que não falaram ainda , acredita que eu não escolhi Relações Públicas mas ela que me escolheu? Prestei o ENEM de 2007 e com a minha pontuação eu fiquei monitorando quais faculdades e quais curso eu conseguiria ingressar no ensino superior. Aconteceu que no último dia só me aparecia RP na FAPCOM. Tive que correr para Google e procurar sobre a faculdade pois a mesma naquela época ainda não tinha tanta visibilidade que tem hoje e também para procurar saber o que seria a tal das Relações Públicas. Gostei dos resultados e iniciei o ano letivo em fevereiro de 2008, eu estava perdido, tinha dúvidas se eu tinha perfil para a profissão mesmo, mas foi só conversar com a professora Denise Aquino sobre o assunto que eu fiquei tranquilo e aos poucos fui me encontrando. Hoje sinto que além de ser minha profissão, RP é uma filosofia de vida para mim.foto

VRP: Como enxerga o cenário brasileiro das relações públicas?

DG: Muita gente disse em entrevistas anteriores que o cenário é o mais favorável dos últimos tempo e eu concordo, e acrescento, o RP que empreende pode se deparar com um mercado muito atraente.

VRP: Qual ou quais as pessoas que te inspiram a ser Relações Públicas?

DG: A pessoa que mais me inspira é o professor Fábio França, eu o admiro pelo simples fato dele ser um profissional multidisciplinar e a Carol Terra.

VRP: Comemoramos em 2014 os 100 anos das Relações Públicas no Brasil, para você, a profissão é valorizada como deveria?

DG: Acredito que ainda não, mas está caminhando a passos largos para tal, em breve será uma profissão bem conhecida e reconhecida no Brasil.

VRP: O que você vê como a maior contribuição da profissão para o país, durante todo este período de cem anos?

DG: Não vejo um fato apenas, as pessoas apaixonadas e comprometidas pela profissão são os que mais contribuíram para as Relações Públicas neste últimos 100 anos.

VRP: Sabemos que o eixo Sudeste ainda concentra a maioria dos profissionais de área, bem como a maioria das vagas de trabalho oferecidas. Qual seria a maior dificuldade, em sua opinião, para a expansão nacional da área e das oportunidades de emprego?

DG: O Sudeste só concentra a maioria dos profissionais por questões econômicas , e mesmo em São Paulo eu não vejo essa oportunidade toda. Empreender para mim, seria o caminho. Se a oportunidade não aparece a gente cria a nossa empresa para exercer a profissão.

VRP: Conte mais sobre a sua história com a profissão. Como iniciou sua atuação? O que tem feito? Qual seu projeto de maior orgulho na área?

DG: Minha história com a profissão começou juntamente com o projeto que mais me orgulho, em 2009, com a criação do Versátil RP.

VRP: Qual é a área de atuação das Relações Públicas que você vê como mais promissora em curto prazo? Por quê?

DG: Acredito que existe uma área que seria promissora se fosse melhor valorizada que seria RP das empresas de call center. O agente de atendimento de um call center muitas vezes é a porta de entrada de uma empresa junto a um público e por diversos motivos esse agente acaba sendo mal assessorado no atendimento, eu acredito que esse poderia ser um campo de atuação melhor estudado e considerado.

VRP: Qual sua opinião sobre o projeto de flexibilização da profissão?

DG: Ainda não tenho uma opinião formada, tenho estudado os prós e os contras . Acredito que esse é um assunto que se deva estudar muito antes de assumir qualquer posição. Não é algo que se possa só falar que é a favor ou contra, é um assunto que pode modificar e muito a atuação dos profissionais de RP no Brasil.

VRP: Há quanto tempo faz parte do projeto do blog Versátil RP? Quais foram suas experiência mais significantes?

DG: Sou criador do blog juntamente com a Taís, estou desde 13 de novembro de 2009. Além de conhecer diversos profissionais mais de perto, o Versátil RP ainda me proporcionou participar da Campus Party 20014 e da ALARP 2014, essa última em Salvador.

VRP: Como vê o forte movimento de blogs/páginas/grupos sobre a temática relações públicas no país? Quais os benefícios podem surgi daí?

DG: Estou achando incrível, pois esse movimento está bem unido e isso vem trazendo grandes resultados. O respeito e o diálogo entre as equipes são bacanas, estamos atuando em diversos lugares do Brasil e isso só faz nossa profissão crescer.

VRP: Qual publicação de sua autoria é sua preferida? Por que?

DG: Não tinha pensando no assunto até o dia que a Taís citou essa publicação em uma apresentação. Mas o meu post favorito é o “Relações Públicas e a histórica posse de Dilma“, eu estava assistindo a posse da Dilma em 2011 e comentando no Twitter, achando tudo bem bacana quando a Gilceana Galerani me disse o nome da RP chefe do Cerimonial da Presidência da República e me ajudou a conseguir o contato da Juliana Rebelo. Elaborei uma entrevista, enviei para o e-mail da Juliana e foi prontamente atendido, foi bem bacana mesmo.

VRP: Agora, brincando de adivinhar o futuro, como você acredita que estará o panorama das Relações Públicas no seu segundo centenário brasileiro?

DG: Espero que estejamos lado a lado com o padrão norte-americano apresentando pelos Estados Unidos.

VRP: Qual mensagem gostaria de deixar para os estudantes e recém formados?

DG: Acredite sempre que você pode ir muito longe, e mais uma vez usarei um clichê, basta acreditar em seu sonho que ele se realizará. Mas nesse processo não esqueça de se aproximar de pessoas que você admire e possa te ajudar alcançar o seu sonho, no meu caso essa pessoa se chama Taís, eu a admiro muito.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s