O Versátil mercado de Relações Públicas

Como vocês já ficaram sabendo no segundo post de 2015 do blog, a partir de agora, o Versátil RP está divido em grupos de trabalho e toda semana iremos tratar um pouco sobre a pergunta que não quer calar e que não sai da cabeça dos que estão prestes a fazer RP, dos acadêmicos, recém formados e também dos profissionais: Como é, está ou vai o mercado de relações públicas?
Para começar, trago algumas notícias que estão na mídia sobre o assunto e a percepção dos integrantes do GT responsáveis por tratar sobre o tema com vocês.

Profissão em alta
De acordo com ranking do G1 com as profissões que estarão em alta neste ano, está presente em décimo segundo lugar um profissional completo, com conhecimento de toda a cadeia, com perfil generalista (e acrescentaríamos especialista) que entenda de todos os processos na área (comunicação, estratégia, planejamento)…está na cara que tudo isso está falando de RP né?

Profissional bem pago
Segundo o guia de carreiras da Exame.com, diretor de comunicação e relações públicas tem salários até R$ 45 mil reais. Com a popularização das redes sociais, gerir a imagem das empresas se tornou uma tarefa mais complexa do que no passado, esse é o contexto que explica a valorização dos salários de quem faz a gestão da área: nós! Outro guia salarial, elaborado pela consultoria Robert Half também é otimista, aponta que gerentes de marketing terão maior valorização em 2015, com aumento na remuneração que pode ser de até 11%.

Vai bem, obrigado.
Segundo a CBN, o mercado brasileiro de relações públicas está mais sofisticado. Através de dados da ABRACOM – Associação Brasileira das Agências de Comunicação, o setor de RP fechou 2014 com a perspectiva de R$ 2 bilhões em negócios, há dez anos, o setor movimentou pouco menos de R$ 1 bilhão. Hoje, o Brasil tem hoje cerca de 700 agências de Relações Públicas e comunicação, 60% delas em São Paulo, seguido do Rio de Janeiro, Brasília, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Pernambuco e Bahia.

Uma área que só cresce

Em depoimento exclusivo para o Versátil, o CEO da RMA, Marcio Cavalieri deu o recado:

 “Vivemos a convergência das disciplinas de comunicação. Neste cenário, o engajamento e o diálogo se tornam essenciais para que uma marca ou organização se comunique adequadamente com seus multi stakeholders nas diversas plataformas. Quem realmente entende de diálogo e conversação são as Relações Públicas, pois isso, acredito que este mercado continuará crescendo dois dígitos a cada ano”.

E o Globo News confirma! Em um vídeo que está circulando na internet Maíra Habimorad fala sobre o mercado de trabalho e o profissional de RP. Assita: http://globotv.globo.com/globo-news/conta-corrente/t/todos-os-videos/v/maira-habimorad-responde-sobre-mercado-de-trabalho-e-o-profissional-de-relacoes-publicas/3888672/

E o que dizem nossos colaboradores?

10428666_4908718812251_4702744938204547250_n

“Penso que a nossa área vem se desenvolvendo continuamente e obtendo cada vez mais oportunidades de expansão. Em contrapartida, vivemos em um cenário mais complexo e, consequentemente, com mais desafios”. Bruna Ribeiro

1497448_908106862535546_5665634243111717441_n

“Enxergo o cenário como enxergo a profissão: como um mundo de possibilidades. RP está ligado à um artigo de fundamental importância para as organizações, marcas e pessoas: suas respectivas reputações e portanto gera um impacto fundamental nas organizações em que atua efetivamente e estrategicamente”. Tuane Nicola

10888972_903264633047306_8871713058434601958_n

“Vejo o mercado se expandindo, junções de negócios e agências como foco em RP, empreendedorismo com um olhar mais atencioso, cursos e eventos mais específicos, etc.E ao mesmo tempo bastante concorrido pois os resultados aumentam a demanda e é preciso se aperfeiçoar sempre”. Taís Oliveira

10805702_877455858953488_6453277697491420788_n“Vejo como uma moeda, cara e coroa, em nosso crescimento e expansão como profissão. Por um lado, ótimo, as relações públicas andam ganhando mais espaço e notoriedade (eeee, todos vibram!). Por outro lado, muitos querem fazer relações públicas sem serem RPs. Um mercado amplo e com muito campo para se trabalhar, mas que necessita de profissionais realmente comprometidos e que entendam a dimensão do trabalho que é conectar públicos estrategicamente, agregando valor em imagem e reputação para organizações e figuras públicas”. Lais Rodrigues

10488390_693333967380418_8493260994630192272_n

“Vejo que cada vez mais as empresas têm se preocupado com o modo como se comunicam com seus clientes. Entretanto, acredito que existam muitas organizações que ainda não se atentam à importância de se planejar as ações de comunicação. Para mim o planejamento é muito importante para se estabelecer estratégias cada vez mais assertivas”. Eric Nogare

10349003_10205117478034788_936571758430063596_n“Acredito que o mercado de RP expandiu, que temos que ser multidisciplinares. Conhecer todas as áreas é de suma importância, pois desta maneira teremos um papel gerencial perante a organização. Ao mesmo tempo acredito que deva haver uma especialização do profissional. Pois se disser que faz tudo, pode acabar não fazendo nada direito, desta maneira se aprofundar para focar suas ações é fundamental. Em um mundo cada vez mais “eu” ter um olhar mais coletivo e menos individualista, é um dos posicionamentos que nós como RPs devemos ter para cumprirmos a nossa missão de melhorar os relacionamentos” . Tico Marcondes

1535384_472018002907244_2074726407_n“Vejo que o mercado de Relações Públicas está em expansão. As empresas estão se preocupando mais com a comunicação organizacional, principalmente com a comunicação nas mídias sociais e isso tem aberto várias oportunidades para o Relações Públicas. Contudo, pelo menos aqui em Salvador, há muitas vagas de estágio para Relações Públicas, mas não são encontradas tantas oportunidades de emprego. Cabe ao profissional de RP demonstrar o seu potencial e capacidade, para assim apresentar ao mercado o quanto pode contribuir na construção de um relacionamento saudável entre as organizações e os públicos”. Francyele Fraga

“O mercado vem crescendo há algum tempo e ganhando relevância dentro das 2014-11-19 15.31.28empresas, ONGs e do Governo. O mercado é tão abrangente que precisamos de um GT específico e grande para trabalhar todas essas vertentes. Essas organizações estão adquirindo, cada vez mais, a consciencia de que o RP é essencial para o bom andamento da imagem da empresa com diversos públicos que são impactados por sua atuação”. Alan Cruz

Continue acompanhando o Versátil RP para ficar informado sobre nosso cenário! E aproveite para deixar sua opinião sobre como você enxerga o mercado de RP hoje, aguardamos seu depoimento! Um abraço do GT de Mercado do Versátil RP 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s