Aquecimento workshop – Pedro Prochno fala sobre carreira em RP

WORKSHOP_PROCHNOJá conversamos com o Alf sobre o conteúdo de seu workshop e dessa vez vamos bater um papo com o Pedro Prochno, que vai ministrar o workshop “Construindo uma carreira de sucesso em RP” [que vai rolar no dia 16, quinta-feira].

VRP: Conte-nos um pouco de sua trajetória e como foi transitar por diversos segmentos de atuação como RP.

Pedro: Poder transitar em diferentes áreas e segmentos de atuação de RP sempre foi um sonho que eu persegui. O conhecimento e a experiência foram incríveis. Foram não, ainda são. Eu adoro conhecer coisas novas, diferentes, aprender mais e mais sobre RP. É desta forma que eu me apaixono mais pela profissão, aprendo mais sobre ela e consigo me desenvolver como profissional, sempre.

VRP: Pensando um pouco no tema do seu workshop, muitas vezes se escuta que a área de RP é limitada e muito voltada ao famoso “quem indica”. Você concorda com esta ideia? E quais seriam os fatores que envolvem uma carreira em RP?

Pedro: Sim, eu concordo 80% com o “Quem Indica”! Por isso é tão importante para um RP construir seu networking. Confiança é a base das relações de negócio, não é diferente na área. Entretanto, capacidade e RESULTADOS são ainda mais importantes para se manter onde você consegue chegar. Não adianta de nada ter alguem “que indica” e você não ter capacidade para ficar na posição.

Mas construir uma carreira vai muito mais além, passa muito pelo “se conhecer”, saber onde estou e onde quero chegar, o que preciso desenvolver para atingir meus objetivos… É muito um trabalho de reflexão interna. É justamente deste mix que vamos falar na RP Week!

VRP: É frequente associar RP ao empreendedorismo. Como foi para você o processo de desenvolvimento, inserção, oportunidades e desafios em ter uma agência de Comunicação em Relações Públicas?

Pedro: Ter uma agência me ensinou muito, me fez crescer, amadurecer e entender a cabeça de um gestor de negócios de uma empresa. Isso foi crucial para poder encarar a comunicação de uma forma diferente, a comunicação focada em resultados, métricas… Empreender é muito rico e gratificante. Construir o seu próprio sucesso, um negócio no qual você acredita e quer ver ele se desenvolver, amadurecer.

VRP: Você escolheu a pós-graduação em Administração pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) como continuidade do processo de desenvolvimento profissional. Muitos profissionais têm dúvida na decisão em pós (entre mestrado e especialização) e no curso. Poderia nos contar um pouco sobre a decisão por este curso, nível de especialização e suas considerações ao aprendizado adquirido?

Pedro: Eu acho que a gente aprende muito sobre comunicação na faculdade, mas falta a base de negócios. Comunicação é legal, mas quando ela gera dinheiro é muito melhor e é isto que os gestores de empresas procuram.

Eu fui fazer um MBA em uma escola de negócios para poder aprender esta parte que me faltava: negócios, finanças. Fazer uma pós em marketing não ia me diferenciar de meus colegas, um MBA, sim, me diferenciou.

A decisão, vamos voltar aos objetivos de vida e de carreira de cada um. É preciso, mais do que pensar sobre “o que eu gosto de estudar”, pensar sobre o “onde quero chegar”. É este o norte que temos que ter em mente na hora de decidir o que queremos seguir estudando.

Curtiu? Temos certeza que esse workshop vai ser muito bom. Para quem não conseguiu se inscrever, acompanhe nossas redes sociais, vamos contar tudo o que vai rolar na RP Week! 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s