#01 – Por dentro da Comunicação Interna e Endomarketing: introdução básica

Por Michele Boin

Olá, pessoal! Começamos aqui a série “Por dentro da Comunicação Interna e Endomarketing”, que vai falar sobre esta área tão importante e amada por nós, RPs – bem como por nossos colegas jornalistas, publicitários, profissionais de Recursos Humanos etc. etc. etc. rsrs

Hoje daremos a introdução básica da área de CI e Endomarketing. Aliás, o que é CI mesmo? Logo vocês saberão! Também falaremos sobre os princípios e conceitos básicos da área, a diferença entre Comunicação Interna e Endomarketing e as principais funções do profissional atuante.

A Comunicação Interna, também conhecida pela sigla CI, é um dos mercados em que o relações-públicas pode atuar. É a área de uma organização que lida com o público interno da mesma, este constituído não só por seus colaboradores em todos os seus níveis, como também pelos familiares deles, funcionários terceirizados, revendedores e acionistas. Nela são desenvolvidas ações para engajamento deste público e para melhorar o clima organizacional da empresa, utilizando os vários meios e ferramentas, digitais ou não, disponíveis para tal.

Primeiramente é importante entender por que a Comunicação Interna e o Endomarketing são trabalhados. A resposta é simples: numa empresa tudo começa internamente e isso envolve, principalmente, funcionários. São eles que, antes de qualquer outra pessoa, precisam conhecer a história, valores, missão, políticas, princípios e cultura da organização. E além, seus produtos e/ou serviços nos mínimos detalhes, o porquê da existência deles e para quem eles são produzidos.

O público interno de uma empresa é o primeiro nível de representação da mesma para além de seu ambiente, mesmo que para a maioria dos colaboradores isso não seja oficial. Visualize a seguinte situação: se você encontra alguém na rua utilizando o uniforme de uma empresa – ou mesmo pelo simples fato de você saber que aquela pessoa atua ou atuou em tal lugar -, você já o enxerga como representante da mesma. Ou seja, tudo o que essa pessoa fizer ou falar, mesmo que às vezes pessoal, te levará a julgamentos, positivos ou negativos, condicionados àquela organização, seja diretamente sobre ela, seu mercado de atuação ou concorrentes.

Conseguiu entender a importância desse público para uma empresa? Além de ele conhecer e entender tudo sobre ela, ele precisa se sentir parte daquilo e “vestir a camisa” de fato para as coisas funcionarem. É por isso que a equipe de CI e Endomarketing atua com ações para tal, ações estas que utilizam de eventos de confraternização, campanhas de incentivo e apoio a causas, distribuição de brindes, TV e rádio corporativas, pesquisas de opinião/satisfação, house organs, newsletters, jornais murais, intranet, projetos de memória organizacional, reuniões e muitas outras formas para alcançar esse público, apoiando-se em várias técnicas.

comunicacaointernaeendomarketing

São formas fáceis, criativas e interativas que fazem com que os funcionários e seus familiares entendam mais rapidamente e se aproximem mais da empresa como um todo. Lembre-se que eles são peças-chave ali, já que a empresa depende deles para atuar e ganhar cada vez mais espaço no seu mercado de atuação.

Não adianta aparentar tudo muito bonito por fora e por dentro a “casa estar uma bagunça”. Toda ação e transformação devem começar de dentro e aflorar, ou serem trabalhados os dois lados ao mesmo tempo. Mas não basta apenas atuar com o que aparece mais externamente, senão não há realização por completo e seu efeito pode ser catastrófico, mesmo que a longo prazo. O público interno é um público que precisa da nossa atenção.

O profissional que atua nessa área pode trabalhar diretamente na empresa ou numa agência para uma organização. Ele pode ser responsável pelo nível operacional e tático da coisa ou estratégico, em nível de gestão.

Os trabalhos desenvolvidos são desde produção de conteúdo textual, criação com ferramentas de design gráfico, passando por planejamento e organização de eventos, materiais e ferramentas, até o nível sênior, que planeja as ações e campanhas estrategicamente, normalmente atreladas a um plano de comunicação corporativa, embora algumas ações sejam desenvolvidas isoladamente durante o percurso – sempre de acordo com as diretrizes e cultura da empresa e com seus principais objetivos perante este público tão especial (e as problemáticas e oportunidades que o envolve).

O VRP conversou com algumas profissionais da área e elas explicaram um pouco das suas funções nas organizações que atuam e como funciona essa rotina. Larissa Souza, assistente de Marketing na Drive A, diz que a sua rotina inclui “além das atividades pertinentes à Comunicação Interna, Endomarketing, Marketing Social, Eventos, Co-Marketing e outras atividades.” Já Gislene de Paula Duarte, especialista em Comunicação Interna e Comunicação Corporativa na Precon Material de Construção, atua “nas rotinas de comunicação e estratégias de relacionamento com o público interno, além de cuidar da área institucional da empresa, com foco em assessoria de imprensa, branding, gerenciamento de crises e reputação, mídias sociais e responsabilidade social.”

Carolina Pinheiro, coordenadora de Endomarketing no VivaReal, destaca a importância do trabalho desse profissional e a gama de atividades envolvidas na sua empresa: “Definimos as ações do trimestre e durante o dia a dia trabalhamos com base nelas e focamos nas ações da quinzena. Não temos agência, e a nossa diretoria valoriza muito isso, para que cada vez mais as ideias e a identidade tenham conexão com a nossa realidade. A definição das ações acontece com base em vários parâmetros, não é só pensar em ações lúdicas para animar os colaboradores, mas ações que remetam de forma subliminar ou não os valores e a missão da empresa. Já no âmbito da comunicação interna, trabalhamos com fluxo de e-mail marketing e uma agenda de comunicados. Todos os comunicados passam pela nossa área antes de chegar ao colaborador, temos header específicos que conversam com a identidade visual da empresa, mas que são distintos para cada perfil de comunicado. Já quando se trata de um comunicado mais lúdico, contamos com o apoio do nosso designer para trabalhar a arte. Existe também um canal que é o centralizador da informação, nossa newsletter. Em nosso fluxo de comunicação interna, tentamos avaliar a importância do comunicado e direcionamos ele para o canal que faz mais sentido, porém tudo está ligado indiretamente com os valores e com a missão. Então tentamos reforçar isso em todos os momentos de se comunicar.”

Algumas empresas separam algumas dessas atividades entre as áreas de CI e Endomarketing, que são complementares. O Endomarketing é o marketing institucional interno, voltado para os empregados de uma empresa. Pode parecer ser outra palavra para explicar uma mesma coisa – afinal, temos aqui atividades voltadas para um mesmo público – mas é aí que você se engana.

Mesmo ainda na maior parte das empresas as atividades e áreas se misturarem, na teoria enquanto a área de Comunicação Interna atua mais na transmissão de informações utilizando vários canais internos para tal e fortalecendo a cultura e seus valores, a área de Endomarketing olha para o público interno como se fossem clientes internos e vão além, criam ações de relacionamento e interação para com os colaboradores, como peças, festas, dentre outras coisas.

Ainda assim, muitas empresas definem todas essas atividades das duas áreas como sendo apenas de CI ou apenas de Endomarketing, utilizando somente uma nomenclatura e sem essa separação; por isso, na prática, a coisa não funciona tão assim e é daí que vem toda a nossa confusão com relação às duas áreas. Ressaltando que aqui no texto abordamos ambas de forma generalista.

Além disso, é importante mencionar que algumas empresas utilizam o departamento de Recursos Humanos como responsável pelas atividades de Comunicação Interna e Endomarketing, por isso vemos tantos profissionais fora da área de Comunicação Social também atuando nessa função.

E aí, já conseguiu se apaixonar (mais) por CI e Endomarketing? Tenho certeza que sim! E é por isso que o nosso papo sobre o assunto continua. No próximo post abordaremos o passo a passo da Comunicação Interna e Endomarketing e descreveremos as principais ferramentas utilizadas na área.

Até lá! 😉

Anúncios

2 pensamentos sobre “#01 – Por dentro da Comunicação Interna e Endomarketing: introdução básica

  1. Pingback: #02 – Por dentro da Comunicação Interna e Endomarketing: passo-a-passo e principais ferramentas utilizadas | Versátil RP

  2. Pingback: #03 – Por dentro da Comunicação Interna e Endomarketing: atuar em empresa ou em agência? | Versátil RP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s