Adeus, Golfinho Feio – Um manual que vai te “tirar do sofá” e acabar de vez com esta síndrome

Por Michele Boin

Recentemente, Guilherme Alf (para saber mais sobre ele acesse a nossa entrevista), RP formado pela PUC/RS, co-fundador do coletivo Todo Mundo Precisa de um RP e diretor de RP da Publibrand e do ValenBar18+, lançou seu primeiro livro, em formato e-book, “Adeus, Golfinho Feio – O manual do novo RP”. E claro que nós, do Versátil RP, fomos conferir o resultado!

adeusgolfinhofeio

A primeira impressão é a que fica, e a nossa é muito boa! O e-book é simples, objetivo, prático, criativo e com uma linguagem jovial, além de contar com a participação de profissionais renomados em suas diferentes atuações no mercado. É um e-book principalmente para quem se interessa por relações públicas, mas ainda não se decidiu pela área, ou para os jovens que estão em início de carreira – e ainda para quem quer saber um pouco mais sobre a área do ponto de vista de outros colegas.

O e-book passeia por um pouquinho de cada área das relações públicas, apresentando informações necessárias para qualquer RP e outras oportunidades ainda não tão exploradas pela maior parte de nós. É a hora de acabar com essa síndrome de que somos os “golfinhos feios” e passarmos a nos reconhecer. O livro tem tudo para ajudar os profissionais nesse processo!

Alf começa falando do cenário atual das relações públicas, o mercado de RP, apresentando uma linha do tempo da carreira do iniciante e mostrando as possibilidades a serem trilhadas nesse percurso, tais como agência experimental, estágio na área, seguir carreira no mercado em seus diversos setores e empreender.

Durante a leitura, também são abordadas as áreas de atuação do RP – eventos, imprensa, gestão de crise, digital, comunicação interna, gestão de comunicação, relações governamentais, cerimonial e protocolo, pesquisa e gestão de imagem -, especificando o seu mercado, funções e para qual tipo de perfil profissional são indicadas.

Em todo o livro são apresentadas, de forma objetiva e criativa, dicas nos vários temas tratados para trilhar o caminho como RP, e elas começam lá na faculdade. Por exemplo, em como se portar no ambiente acadêmico, a importância de estar em constante formação e em busca de aprendizados diversos, adquirindo também conhecimentos em outras áreas, afinal, hoje o mercado busca profissionais multitarefas e RP é a chamada “profissão polvo”. Essas são só algumas, o livro é repleto delas!

E qual seria o “DNA” do novo RP? Alf aponta 18 características que considera essenciais ao bom relações-públicas e explica o porquê de cada uma delas. Também explica a necessidade de idiomas na profissão, de ter além do inglês e, principalmente, o bom e correto português. Vamos começar aprendendo a nossa própria língua, né? Rs.

Outro ponto muito bem evidenciado é quanto à montagem e apresentação do currículo do profissional. Foram apresentadas dicas básicas para tal, os principais erros cometidos, a importância das redes sociais nesse processo – consideradas um cv atualizado em tempo real -, os cuidados em todos os detalhes, como na carta de apresentação, redação de e-mails, cuidados durante a entrevista e o processo seletivo, além do bom uso da ferramenta LinkedIn.

A importância de praticar o empreendedorismo na sua vida profissional, forte do Alf e da galera que colaborou com o e-book, foi algo evidenciado em vários pontos. Para o autor, empreendedorismo é um estado de espírito e pode ser praticado, inclusive, quando funcionário de uma empresa. Ele mostrou as principais atitudes que devem ser tomadas para isso e no que impactam.

Como ter iniciativa e explorar a sua própria criatividade e capacidade de execução de ideias foi uma reflexão grandiosa no e-book, pois são coisas que muitas pessoas têm dificuldade de realizar. O primeiro passo é este: buscar desenvolver essa capacidade! Além disso, em “Conselhos de RP”, Alf nos conta quatro segredos que, claro, eu não vou revelar. Rsrs!

Foram apresentados os grandes movimentos de errepês no Brasil e o foco de cada um. São páginas, blogs e grupos do Facebook que estão “na ativa” atualmente e movimentando a profissão de variadas formas – inclusive o Versátil RP foi citado lá, hein? Agradecemos pelo reconhecimento, Alf ;). Alguns profissionais que estão na linha de frente desses movimentos foram convidados para contribuir com o e-book, e o resultado dessa mistura é um conteúdo rico.

Pedro Prochno, co-fundador do TMPRP e Gerente de Comunicação da Uber no Brasil, abordou as diferenças entre o Conferp, Conrerp, ABRP e outras entidades, os principais erros cometidos na cobrança pelos profissionais a estas associações e dicas para utilizar o sistema como auxílio para melhorar a profissão e o seu reconhecimento.

Muriel de Paula, coordenadora do blog Relações e relações-públicas da Petrobrás, apresentou o RP no mercado, seu perfil estratégico e senso de urgência, o profissional multitarefas que é, considerado “guardião da marca”, com visão humanista e com resultados com foco na imagem, ou seja, o profissional que as empresas procuram, mas que muitas ainda não reconheceram como sendo o RP. Precisamos mostrar isso!

Carolina Terra, com ampla experiência na área de digital, falou sobre RP digital, onde o profissional de Relações Públicas se encaixa nesse mundo, dicas para trilhar esse caminho, a necessidade de uma atualização constante e os desafios e dificuldades com relação às grades universitárias.

Ana Clarissa Cavalcante, idealizadora do RPManaus, começou contando sua trajetória na liderança do movimento e deu dicas e aprendizados obtidos por ela para se tornar uma líder, além de ações e pensamentos que devem ser praticados para chegar ali.

Ariane Feijó, co-fundadora do TMPRP e fundadora do Pequenas Grandes Ideias, falou sobre a carreira internacional, também contando um pouco de sua trajetória e ambições nesse meio, dando dicas e atitudes que podem ser tomadas, além de mostrar o que evitar, o que é mito e quais são as ideias e possibilidades que ela tem para ajudar a guiar o RP neste caminho.

Fernanda Ortiz, publicitária com alma de RP, mostrou como utilizar referências para embasar suas atividades e ajudar nos insights, além de dicas de sites para diferentes tipos de referências que são necessárias no nosso dia a dia como profissionais.

Amanda Takassiki, co-fundadora do TMPRP e idealizadora da página “Relações Públicas Brasil”, falou sobre a nova era das RPs e entrou um pouco na era das mídias sociais. Contou sobre sua trajetória com a page “Relações Públicas Brasil”, a necessidade atual de adaptação rápida do profissional, onde tudo acontece muito rápido hoje, o perfil ágil e a importância de ter “sacadas” nesse mundo.

Pegando o “gancho”, Florilson Santana, idealizador da fanpage “RP da Depressão”, tratou das redes sociais com humor, falando da trajetória da sua página, os cuidados que devem ser tomados ao fazer uma página de humor, como utilizá-la para divulgar a profissão, a necessidade de inovação e as etapas do processo criativo.

Como principais mensagens, o livro deixa que as relações públicas precisam de um RP, que a profissão tem um grande mercado e a importância da união das profissões de Comunicação em seus vários meios. Frases de motivação e de aprendizado completam o e-book que pode ajudar muitas pessoas a trilharem seu caminho nas relações públicas. Termino com o bordão que só diz verdades, pois, como diria Guilherme Alf, “SER RP É DUCARALHO!”.

Para baixar o e-book, acesse e divirta-se (sim, vale muito a pena): http://www.guilhermealf.com.br/

Anúncios

Um pensamento sobre “Adeus, Golfinho Feio – Um manual que vai te “tirar do sofá” e acabar de vez com esta síndrome

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s