Série “Fala, Coordenador!” com a Profª Lilian Marques, da UNISANTOS

logo unisantos

Dando continuidade a série “Fala, Coordenador!”, o blog Versátil RP “desceu” a Serra do Mar para conhecer o trabalho desenvolvido pela coordenadora do curso de Relações Públicas da UNISANTOS, a Profª Lilian Marques.

Conheça como funciona o curso e quais são os valores que os alunos agregam em seu aprendizado durante os quatro anos para se tornarem RPs da UNISANTOS.

Lilian Marques - unisantos

Profª Lilian Marques, coordenadora do curso de RP da UniSantos

Quais cursos a ​Unisantos dispõe relacionados à área de Relações Públicas e qual é o tempo de duração de cada um deles (graduação, pós-graduação lato sensu stricto sensu, doutorado, MBA)? 

Além de cursos superiores (de graduação e tecnológicos), a Universidade Católica de Santos (UniSantos) oferece cursos de extensão e nível de pós-graduação lato sensu (especialização profissional – MBA e acadêmica) e stricto sensu (mestrado e doutorado). Todos com informações disponibilizadas no Portal Institucional (www.unisantos.br).

Ressalta-se que os estudantes da Católica de Santos podem se matricular em qualquer disciplina de qualquer curso de graduação de seu interesse da Universidade, sem custo adicional na mensalidade. Este benefício é considerado enriquecimento curricular e, ao final, o participante recebe certificado de curso de extensão, e as horas e área de conhecimento cursadas são registradas em seu histórico escolar e no diploma de conclusão de curso.

Quais são os cursos, palestras e eventos oferecidos pela ​Unisantos relacionados à área de RP? Qual é a periodicidade, investimento, tempo de duração e público? Podem ser cursos livres, gratuitos, extensão e línguas.

Cada unidade universitária da Católica de Santos oferece atividades diversas (cursos, palestras, oficinas, semanas acadêmicas e outros eventos) abertas aos interessados e com benefícios exclusivos à sua comunidade acadêmica (descontos nas inscrições, por exemplo). As informações são disponibilizadas no Portal Institucional, nas redes sociais e na mídia out home instalada em seus campi.

A diversidade de temas é ampla e existem cursos presenciais, telepresenciais e a distância com oferta regular e que podem interessar aos futuros relações-públicas. Por exemplo:

  1. Empreendedorismo.
  2. Gestão de Pessoas.
  3. Fotografia Digital
  4. Língua Portuguesa – Nova Ortografia
  5. Merchandising
  6. Planejamento Estratégico
  7. Plano de Negócios
  8. Redes Sociais como Ferramentas de Comunicação e Negócios
  9. Oratória
  10. LIBRAS (Linguagem Brasileira de Sinais)
  11. Capacitação de Mediadores e Conciliadores Judiciais
  12. Comunicação Empresarial e Gestão da Informação
  13. Gestão Empresarial Estratégica
  14. Gestão Empresarial de Marketing
  15. Gestão Pública

 Qual a proposta educacional e institucional da Unisantos? 

A habilitação em Relações Públicas integrava, até 2014 — quando o Ministério da Educação, por meio da Resolução nº 2, de 27/09/2013, instituiu as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN’s) do curso de graduação em Relações Públicas —, o curso de Comunicação Social.  Na Universidade Católica de Santos (UniSantos), o curso, inicialmente, foi ministrado na Faculdade de Comunicação de Santos (FACOS), localizada na Rua Euclides da Cunha, 264. Atualmente, o Campus Dom Idílio José Soares, situado na Av. Conselheiro Nébias, 300, abriga o curso de Relações Públicas, que integra o Centro de Ciências da Educação e Comunicação da UniSantos.

O curso, pioneiro na Região Metropolitana da Baixada Santista (RMBS), é o único que se mantém há mais de 40 anos com turmas regulares de ingressantes. São oferecidas 30 vagas anuais, no período noturno, com o tempo mínimo para integralização de oito semestres e carga horária de 3.259 horas-relógio.

Diante disso, e em consonância ao estabelecido no Projeto Pedagógico Institucional, reforçamos que é princípio político-pedagógico do curso de Relações Públicas, a indissociabilidade entre a formação profissional e a formação humana dos estudantes.  As novas oportunidades para o egresso do curso exigem o redimensionamento da formação profissional, refletidas no desenvolvimento de novas competências gerais e específicas. Desse modo, a atividade universitária está comprometida com o estudo da realidade vigente, com o enfrentamento da desigualdade de distribuição da riqueza social e dos resultados dos avanços científicos, além da preservação do meio ambiente.

O curso forma o profissional das relações públicas apto a atuar nas áreas de Comunicação nas organizações públicas, privadas e do terceiro setor, por meio do estabelecimento de políticas, estratégias e instrumentos de comunicação e relacionamento, além de desenvolver competências para a realização de atividades de pesquisa e análise, de assessoria e consultoria, de planejamento e de divulgação, podendo ser também um empreendedor da área para diversos segmentos. Além disso, O NDE (Núcleo Docente Estruturante) e o colegiado do curso entendem que a atuação profissional se situa no âmbito das interfaces público-privado, sendo fundamentais no estabelecimento de consenso em torno das demandas de interesse público e no desenvolvimento de políticas de comunicação integrada que orientam o relacionamento sistemático com variados públicos e grupos. Todo esse processo coloca em cena a articulação entre o público e o privado, que se manifesta em uma nova coletividade, ou seja, uma sociedade estruturada e ambientada pela comunicação e pela democracia.

O curso de Relações Públicas oferece sólido embasamento teórico para estímulo do pensamento crítico dos estudantes, em sintonia com a realidade contemporânea e as exigências do mundo do trabalho, além do compromisso com a sustentabilidade e a responsabilidade social. Vale registrar que o curso também está adequado para atender o novo perfil do ingressante, mais jovem, que revela maior interesse pelas novas tecnologias de relacionamento e comunicação e mais exigente quanto à articulação das interfaces existentes nas diferentes áreas da Comunicação e de outros campos do saber. O crescimento das práticas das relações públicas exige o redimensionamento da formação profissional, refletidas no desenvolvimento de novas competências gerais e específicas.

Afirmando a importância da formação profissional e do respectivo desenvolvimento de competências e habilidades próprias ao bacharel em Relações Públicas, o Projeto Político Pedagógico do Curso (PPC) promove o aprendizado, tendo como objetivo principal atender a demanda por recursos humanos qualificados nos setores privado e público. Esse compromisso garante uma formação que, além de desenvolver capacidade acurada de análise conjuntural, com percepção das dinâmicas socioculturais, também responde às exigências do mercado.

Qual é o diferencial acadêmico? Podendo ser estrutura, nota no MEC (Enade), formação dos professores e relacionamento/convênio com o mercado de trabalho.

• Conquistou conceito 4 no Exame Nacional do Desempenho dos Estudantes – ENADE.
• Conquistou 4 estrelas na avaliação do Guia do Estudante Abril – Melhores Universidades 2015.
• Disciplinas com foco na criatividade e inovação.
• Projeto Interdisciplinar de Comunicação Institucional.
Eventos, palestras, debates e portal eletrônico de integração com mercado de trabalho, promovendo constante relacionamento com ex-alunos.
Complexo de laboratórios de Comunicação Social com estúdios de TV, estúdio de rádio, laboratório de Fotografia e Estúdio de Imagem.
• Agência experimental de Relações Públicas.

Qual é o diferencial da graduação em Relações Públicas na ​Unisantos ? Pode-se destacar grade curricular do curso, premiações, quantidade de alunos formados no ano de 2014 etc.

O curso se destaca nos concursos universitários, em virtude de suas produções acadêmicas. Já foi premiado nos concursos da ABRP (Associação Brasileira de Relações Públicas), SET Universitário e no Intercom Sudeste. Recebeu mais de 40 premiações na ABRP, além de possuir  trabalho premiado no 33º Prêmio de Opinião Pública (POP).

Mobilidade Acadêmica internacional com universidades conveniadas.

Veiculação de materiais produzidos por alunos e professores em rádios educativas.

  • TV Unisantos – emissora educativa que se consolida como espaço de atuação para os alunos.
  • Urbanidades – programa de TV próprio, onde os alunos podem vivenciar o processo de produção televisivo.

Qual é a visão e objetivos futuros da ​Unisantos ?

A Universidade Católica de Santos é reconhecida e qualificada como Instituição Comunitária de Ensino Superior (ICES), conforme a portaria nº 384, da Secretaria de Regulamentação e Supervisão da Educação Superior do Ministério da Educação, publicada no dia 27 maio de 2015. Única na Região Metropolitana da Baixada Santista que na sua constituição e essência sempre esteve nesta categoria, a Católica de Santos é também reconhecida pela Lei nº 12.881, de 12 de novembro de 2013.

Além de instituição confessional, um dos diferenciais que caracterizam a Católica de Santos como universidade pública não-estatal é a sua gestão marcada pela força decisória dos colegiados, com a participação de representantes da sociedade civil. Por não possuir finalidade lucrativa, a Universidade não distribui dividendos. Parte da receita é revertida em serviços para a comunidade. A competência no ensino, pesquisa e extensão é outra característica que define uma instituição de ensino comunitária.

MISSÃO

Identificada por sua gestão participativa e democrática, a Católica de Santos é reconhecida pela sua missão de “formar cidadãos com base nos princípios da solidariedade, da justiça e do respeito aos direitos humanos, fortalecidos pela ética cristã e com competência profissional para atuar em uma realidade sociocultural heterogênea e sujeita a frequentes mutações”.

Quando ocorre o processo seletivo? Quais são as etapas, forma de inscrição e processos?

Citarei referente aos cursos que envolvem a área de RP, como graduação, pós-graduação, mestrado, doutorado e MBA.

O processo seletivo ocorre, normalmente, nos meses de outubro e novembro. Este ano as inscrições já estão abertas. As formas de ingresso podem ser através do Vestibular e pela prova do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio)http://www.unisantos.br/vestibular/

A Unisantos disponibiliza bolsas de estudo? Quais? Como participar? 

Mantém o maior e mais abrangente programa de Bolsas de Estudo da região. Por meio dele, a Universidade procura garantir o acesso a todos os que aspiram a uma educação superior de qualidade, amplamente reconhecida pelo mercado de trabalho.

Saiba mais em http://www.unisantos.br/bolsas/

Anúncios

Um pensamento sobre “Série “Fala, Coordenador!” com a Profª Lilian Marques, da UNISANTOS

  1. Pingback: Série “Fala, Coordenador!” com a Profa. Ma. Mércia Segala Bruns, da UNISO | Versátil RP

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s