Série “Fala, Coordenador!” com a Prof. Dr. José Ronaldo Alonso Mathias, da Belas Artes

belas artesO blog Versátil RP traz mais uma entrevista para a série “Fala, Coordenador” com a participação do coordenador do curso de Relações Públicas do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo.

Para ter acesso as demais entrevistas realizadas para a série, acesse aqui.

Centro Universitário Belas Artes de São Paulo

jose ronaldo belas artes

Prof. Dr. José Ronaldo Alonso Mathias | Coordenador do curso de RP no Centro Universitário Belas Artes de São Paulo

Apresentamos o Prof. Dr. José Ronaldo Alonso Mathias, coordenador do curso de graduação em Relações Públicas do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo. Prof. Ronaldo é graduado em Direito, Mestre em Gestão Estratégica e Doutor em Ciências da Comunicação. Leciona nos cursos de graduação e pós-graduação, nas disciplinas de: Antropologia Cultural e Visual, História da Arte, Direitos Humanos e Sustentabilidade. É autor do conteúdo de Educação a Distancia (EaD) em Antropologia Cultural e editor da Revista Arte 21 na Belas Artes. Coordenou a Iniciação Científica e Extensão Universitária na mesma instituição; concentra suas pesquisas em assuntos ligados à identidade, diferença, pertencimento e imagem. Autor do livro “Antropologia e Arte” (2014) pela Editora Claridade (Nova Alexandria).

Sobre o curso de Relações Públicas na Belas Artes – BA

1. Como é formada a estrutura do curso de Relações Públicas na Instituição?

O Curso de RP da Belas Artes tem duração de 4 anos e já se adaptou às Diretrizes Curriculares aprovadas pelo MEC. Com isto, o curso ganhou mais horas de duração e ficou mais equilibrado em 4 eixos de formação: Humanidades e Ciências da Comunicação (Formação Geral); Linguagens e Processos Criativos (Formação em Comunicação); Técnicas e Práticas profissionais (Formação em Relações Públicas e Formação Suplementar). Disciplinas como Mundo contemporâneo, História da arte, Internet, convergência e redes sociais, Planejamento em RP, Eventos e Cerimonial, Protocolo e Etiqueta Social, entre outras, fundamentam nossa matriz curricular.

A BA tem buscado oferecer uma formação focada tanto num compromisso com as orientações educacionais quanto com sua vocação em arte e cultura em constante diálogo com o mercado. Para isto, investe na formação de professores para se atualizarem periodicamente.

2. Qual é o diferencial da graduação em Relações Públicas na Instituição?

No início do funcionamento do curso foram autorizadas 100 vagas anuais, no período noturno, tendo sido iniciada a primeira turma em janeiro de 2005. Em 2014, o curso completou 10 anos, tendo formado sua primeira turma em 2008.

O NDE (Núcleo Docente Estruturante) do Curso de Comunicação Social – Relações Públicas do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo é composto por 5 (cinco) professores do curso, com significativa experiência acadêmica, atuantes no mercado e com grande reconhecimento de sua produção. Os docentes que compõem o NDE possuem titulação acadêmica obtida em programa de pós-graduação stricto sensu e, destes, 40% (quarenta por cento) possuem título de Doutor. O percentual de docentes que compõem o NDE com formação acadêmica na área do curso é também de 40% (quarenta por cento).

Nos anos de 2012, 2013 e 2014 o curso foi avaliado pelo Guia do Estudante, publicação da Editora Abril, obtendo quatro estrelas em 2015, demonstrando o reconhecimento da qualidade do curso por parte da sociedade civil. O Guia do Estudante é uma avaliação feita por profissionais de outras instituições sobre todos os cursos do país. Assim, as quatro estrelas concedidas ao curso de Relações Públicas do Centro Universitário Belas Artes é um reconhecimento das demais instituições de ensino ao trabalho e infraestrutura da instituição. O referido Guia é considerado uma importante fonte de consulta para os alunos recém-formados no Ensino Médio, que buscam na publicação as primeiras informações acerca da profissão e das instituições que oferecem o curso.

O curso também possui importantes conquistas no âmbito de premiações acadêmicas. São mais de 30 premiações em 1º, 2º e 3º lugares em concursos importantes da área e de abrangência nacional, como o Prêmio ABRP, promovido anualmente pela Associação Brasileira de Relações Públicas, e o Prêmio Expocom, promovido pela Intercom, uma das principais entidades que congregam os estudos de comunicação no país. A turma de alunos formada em 2011 conquistou uma marca inédita na história do Prêmio ABRP, pois todos os alunos da turma conquistaram o 1º lugar, em diferentes categorias, no 30º Prêmio ABRP.

direcionamento para o mercado se efetiva nos próprios objetivos do curso: ordenar informações e fazer diagnósticos da situação comunicacional dos clientes; desenvolver pesquisas e auditorias de opinião pública, imagem e reputação de clientes; definir objetivos e estratégias comunicacionais para solucionar problemas de empresas e manutenção do relacionamento das instituições com seus públicos de interesse; orientar e executar trabalhos (criação e produção de campanhas); dominar linguagens das mídias (impressas, radiofônicas, audiovisuais e eletrônicas) para seu uso efetivo a serviço dos programas e projetos de comunicação; e identificar a responsabilidade social da profissão.

Com relação à estrutura física, a Instituição sempre teve como objetivo o aprimoramento da infraestrutura básica, a ampliação e renovação das instalações existentes e a construção de novos prédios, procurando dar-lhes as condições necessárias para melhor responder à procura e crescimento que se tem verificado ao longo dos últimos anos.

O Centro Universitário possui sala de professores e sala de reuniões adequadas para o desenvolvimento das atividades dos docentes, tendo uma infraestrutura adequada em todos os quesitos, entre eles estão: a limpeza, a iluminação, a ventilação, conservação do espaço e comodidade, elementos necessários para os exercícios de suas funções. Tal espaço é ainda reforçado por um ambiente acolhedor e confortável, e com espaço reservado para café, contando com mesas e sofás, que servem como postos de trabalho e descanso; e a Biblioteca do Professor, projeto que visa disponibilizar ao docente o acesso rápido à bibliografia de interesse ao Curso e ao professor que frequenta o espaço.

A Coordenação possui sala e espaço de trabalho para reuniões e atendimento aos alunos, bem como secretárias para assessorar nas atividades administrativas. Os horários de atendimento da Coordenação são fixados em locais acessíveis à visibilidade dos alunos e no site do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo também são disponibilizados telefones e e-mail do Coordenador

3. Quando ocorre o processo seletivo para a graduação? Quais são as etapas, forma de inscrição e processos?

O processo seletivo ocorre duas vezes por ano por meio de vestibular tradicional e prova agendada, conforme informações disponibilizadas no site da instituição

4. Além da graduação em Relações Públicas, a instituição realiza cursos (livres, gratuitos, extensão), eventos e dispõe de formação como pós-graduação lato sensu, stricto sensu, doutorado e MBA que têm relação com a área de RP? 

A política de pós-graduação mantém o compromisso tanto com a qualidade da formação profissional oferecida como com a articulação das atividades de ensino, pesquisa e extensão e suas aplicações no âmbito da pesquisa.

O Centro Universitário Belas Artes de São Paulo oferece cursos de pós-graduação lato sensu, visando criar oportunidades diversificadas para o aprofundamento, atualização e aperfeiçoamento de saberes e técnicas diretamente relacionados à atuação profissional.

A pós-graduação lato sensu iniciou em 2010 e tem os seguintes objetivos: formar profissionais com sólida capacitação técnico-científica para atuarem na docência e na pesquisa, tendo em vista as mudanças e inovações tecnológicas, as correntes transformações econômico-sociais e as necessidades de desenvolvimento nacional em todos os setores; capacitar pessoal para atuação também em organismos sociais, empresariais e instituições de pesquisa, nos campos específicos dos cursos oferecidos.

A criação de novos cursos de pós-graduação (lato sensu) citados abaixo, estão articulados com todos os cursos de graduação, pesquisa e extensão, estando integrados com a gestão e as políticas institucionais constantes no PDI.

Os cursos de pós-graduação ofertados pela IES que possuem correlações com a área de Relações Públicas são: Comunicação Corporativa e Redes Sociais; Comunicação Organizacional e Negócios. A inscrição ocorre pelo site da instituição e os cursos começam duas vezes por ano.

Falando do Centro Universitário Belas Artes como um todo

5. Qual a proposta educacional e institucional da Belas Artes?

belas-artes

Centro Universitário Belas Artes – Unidade Vila Mariana/SP

O Centro Universitário Belas Artes de São Paulo busca criar, produzir e difundir conhecimento por meio das artes, da cultura e das ciências humanas e sociais, visando à formação humanística e despertando em seus alunos o desejo permanente de aperfeiçoamento cultural e profissional nestas áreas. O posicionamento da Belas Artes tem como referência o campo da Economia Criativa.

O processo de ensino e aprendizagem está fundamentado nos sete saberes propostos por Edgard Morin, a aprendizagem ativa, ênfase nas alteridades e sistematizar o perfil do egresso que é preparado para enfrentar as complexidades sociais, individuais e profissionais do mundo contemporâneo. A síntese da filosofia é o Jeito Belas Artes, que, de forma ativa, é construído pelos docentes, e cujo relato dessa construção pode ser detectado, por exemplo, no grupo de mídia social, o “Jeito Belas Artes”. Os paradigmas do PPI são apresentados aos docentes nos seminários de integração docente.

6. Qual é o diferencial acadêmico da Instituição?

A Belas Artes apoia a qualificação dos seus docentes mediante o pagamento de parte da mensalidade dos professores que fazem o mestrado ou o doutorado em outra instituição de ensino. A Belas Artes oferece cursos de aperfeiçoamento de curta duração para os seus professores no início dos semestres letivos.

Outro diferencial é o Programa Coaching-Carreiras, que propõe aos alunos, ao longo do curso, diversas atividades para auxiliá-los na transição para o mundo corporativo. Por meio de workshops, palestras, feiras de estágio, entre outros eventos, nosso principal objetivo é gerar melhores índices de efetividade na construção de uma carreira de sucesso.

Dispomos de profissionais qualificados nas áreas de pedagogia e psicologia para ajudar os alunos na formação da própria identidade profissional, nas questões que envolvem a escolha de um bom estágio e para orientá-los em sua inserção no mercado de trabalho. Além disso, efetivamos parcerias com empresas para o oferecimento de estágios aos alunos da Belas Artes e damos suporte quando o assunto é documentação, de modo que os estudantes estejam sempre sob a proteção do Regimento e da Lei do Estágio.

7. Qual é a visão e objetivos futuros da Instituição?

O Centro Universitário Belas Artes de São Paulo pretende continuar se projetando como instituição de vanguarda, zelando pela sua tradição em manter vivos seus princípios e valores. Para isto tem como objetivo estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento reflexivo; formar profissionais nas diferentes áreas de conhecimento, visando a sua inserção nas diversas carreiras e a participação no desenvolvimento da sociedade brasileira, bem como colaborar para a sua formação contínua e ministrar o ensino superior e de pós-graduação, em todas as suas modalidades, forma e níveis previstos na legislação educacional brasileira nas áreas de educação, ciências e artes, bem como em todos os demais campos do conhecimento humano

8. A Instituição disponibiliza bolsas de estudo? Quais? Como participar?

Bolsas de estudos para alunos carentes de recursos financeiros, bem como bolsas de monitoria e de trabalho. Informações podem ser retiradas do site da instituição

Quer saber mais? Contate!

Site da Instituição: www.belasartes.br

Contatos coordenação RP: (11) 5576-5807 / ronaldo.mathias@belasartes.br

Anúncios

Um pensamento sobre “Série “Fala, Coordenador!” com a Prof. Dr. José Ronaldo Alonso Mathias, da Belas Artes

  1. Pingback: Série “Fala, Coordenador!” com a Profa. Ma. Mércia Segala Bruns, da UNISO | Versátil RP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s