Marketing digital: ciências humanas e exatas

Por Tânia d’Ávila

“Ahhhh… eu sou de humanas, não sei fazer conta!”

Essa frase é bastante comum entre os profissionais que não são da área de exatas. Muitas vezes é dita em tom de brincadeira, mas em tantas outras é falada com seriedade. Há, também, quem escolha a área de humanas exatamente por não se dar bem com as exatas.

É verdade que um engenheiro e um contador precisam ser amigos dos números. E é verdade que profissões de humanas não exigem essa amizade, mas exigem, pelo menos, um coleguismo. Ou seja, não precisa amar os números, mas ser inimigo deles também não é o caminho.

Trazendo essa afirmação para a área de marketing digital, diversas podem ser as atribuições do profissional: planejamento estratégico, produção de conteúdo, campanhas, monitoramento, SAC 2.0, métricas…

Dependendo da empresa, podem existir equipes de profissionais com trabalhos delimitados para cada uma das funções. Mas em agências menores, ou se você tiver interesse em prestar serviços como freelancer, é imprescindível que consiga trabalhar em todas as etapas. Se esse for o seu caso, sinto lhe dizer que, mesmo sendo da área de humanas, os números farão parte da sua rotina de trabalho.

Por exemplo, você já ouviu falar em CTR, CR, ROI? Essas são apenas algumas das siglas que fazem parte do dia a dia de quem trabalha com mídia online. Respectivamente, significam: click-through rate (ou “taxa de clique”), conversion rate (ou “taxa de conversão”) e return of investment (ou “retorno sobre investimento”). Todas essas siglas implicam diversos cálculos, mas fique tranquilo; os cálculos, nesse caso, se resumem à famosa “regra de três”.

Para o CTR, por exemplo, basta pegar o número de cliques no anúncio, dividir pelo número de impressões e multiplicar por 100 (cliques/impressões*100). Para o CR, é necessário dividir o total de vendas pelo número de cliques e também multiplicar por 100 (vendas/cliques*100). Já o ROI é calculado subtraindo o valor obtido na conversão de clientes (retorno) pelo valor que foi investido na campanha. O resultado deve ser dividido pelo investimento. (retorno – investimento/investimento).

marketing-digital-ciencias-humanas-exatas

Profissionais de marketing digital: números e cálculos devem fazer parte da sua vida!

Além disso, trabalhar com marketing digital é ter à sua disposição uma infinidade de dados. São gráficos e números que, após coletados, precisam ser analisados. Então, nesse ponto, o trabalho é bastante lógico, objetivo, analítico e… essencial! Essencial, porque são essas análises que ajudarão a orientar as estratégias de marketing, já que será possível entender o comportamento do seu público (como horários de maior e menor engajamento) e os pontos falhos nas ações de marketing digital (como um baixo acesso ao site, por exemplo).

Ao elaborar um relatório de métricas, os cálculos também existem, seja para saber a porcentagem de engajamento que aumentou (ou diminuiu) de um mês para o outro, seja para saber se o número de seguidores/fãs está crescente ou decrescente.

Assim, entende-se que os profissionais de marketing digital precisam ter a consciência de que, saber lidar com números e cálculos, está deixando de ser um diferencial para se tornar um pré-requisito. Então, se você não for colega dos números, talvez seja necessário começar a se aproximar deles.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s