Rio2016: Olimpíadas dos atletas e expectadores, mas também dos voluntários

Por Luciana Junqueira

13987617_1752349538368573_1842657023560029393_o

No ultimo texto a Ju conta pra gente um pouco da experiência dela como voluntaria da RP week e hoje, oficialmente o sexto dia da Olimpíadas Rio 2016 e o quinto dia de trabalho como voluntária de EVS – Serviços do Evento, vim contar um pouco de como está sendo pra mim.

Desde quando me inscrevi para ser voluntária ouvi opiniões diversas, dentre elas têm sempre: você vai trabalhar de graça? O que você ganha com isso? E o seu emprego em MG? E os gastos com passagem, alimentação e hospedagem?

Bom, minha experiência nos últimos dias me mostrou que prazer em trabalhar como voluntária e a alegria da equipe são justamente porque o valor nas pequenas coisas é algo significativo e fazer parte deste grande evento para o país nos proporciona experiências únicas.

Pra mim tudo isso só foi possível porque tive apoiadores e incentivadores, a começar pra minha família e pela minha chefe, que é muito mais que isso, é também minha amiga e mentora e que quando eu pensei em desistir me apoiou e disse que eu não poderia perder essa oportunidade de conhecer o novo.

São pessoas de todos os lugares do mundo, com histórias, trajetórias e que nos ensinam algo! Ganhei do pai de um atleta um pin de Atlanta 1996 e lindas histórias de como foram suas visitas por outras olimpíadas. Uma jornalista holandesa disse que está encantada com nossa alegria e diversidade que vê um grande país mobilizado e unido para fazer acontecer como ela nunca viu antes em outros eventos.

Claro que temos também problemas, e aprender a passar por eles é uma experiência a parte, estou no estádio da Lagoa e com o vendo já tivemos dois dias de prova cancelada, assistir o protocolo ser cumprido, ver a falta de preparo de grandes empresas que fornecem a comida na concessão, ver a situação de quem comprou o ingresso e as reações são sempre experiências que nos fazem aprender muito.

A forma de organizar os voluntários, de dividir as funções da instalação e o funcionamento para receber os mais de 4 mil expectadores e as famílias olímpicas são também parte do sucesso, com rodízio de funções todos tem oportunidade de ficar em todos os lugares, de ter contato com o público e com voluntários diferentes. E tem voluntário de todo o canto, na minha equipe tem uma Russa, um Húngaro, uma Argentina, uma Peruana, Paulistas, Cariocas, uma Manauense, Gaúchos, Mineiros como eu e muitos outros lugares…

13925934_10206894658472841_7193371951886469959_o

E a integração e comunicação começa no facebook com o Grupo Oficial que tem todos os voluntários, passa pelo What’s App com vários grupos e termina no rádio que passa as informações entre coordenadores e supervisores e que faz a instalação funcionar.

No fim de cada dia estamos cansados, com os pés e pernas doendo de andar ou ficar em pé, mas a alegria não vai embora, nos despedimos dos telespectadores com a mesma energia da chegada e são sempre várias fotos, sorrisos e agradecimentos porque o que muda a experiência de cada um que passa por ali é a recepção e dedicação de cada voluntário.

 

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s