Novembro Afro: e a comunicação com isso?

Chegou o mês de novembro e com ele o Novembro Afro no Versátil RP. Na nossa primeira edição tivemos artigos e entrevistas com profissionais e estudante da categoria que abordaram temas relacionados ao ambiente acadêmico e mercado de trabalho, trajetória de vida, racismo estrutural e análise midiática.

Durante o ano fui a algumas universidades e quase sempre no pós-fala estudantes negros vinham conversar comigo sobre o quão importante era para eles ter uma figura negra naquele ambiente. Então, pensei que seria ótimo se o novembro negro desse ano fosse composto majoritariamente por estudantes negros.

Os jovens ❤ trarão dica de evento, garimpo acadêmico especial com trabalhos feitos por negros e/ou sobre negros, dica para produtores de conteúdo, entrevistas, pesquisas, levantamento de mídias alternativas, entre outros materiais. Creio que é importante mostrar que a nova geração de profissionais está pautado o assunto do ponto de vista  da comunicação e é com muito orgulho que durante todo o mês de novembro teremos estudantes compartilhando suas produções.

novembro-afro-vrp

 

Década Internacional de Afrodescendentes e a comunicação com isso

 A ONU demarcou os anos de 2015 a 2024 como a Década Internacional de Afrodescendentes, tendo como objetivos o “reconhecimento, justiça e desenvolvimento” dessa parcela da população. Segundo dados da ONU (e  aí é só a gente olhar ao redor pra confirmar, né…), os afrodescendentes têm acesso limitado à educação, saúde, moradia e segurança, além de pouca participação política, altos índices de violência policial e racismo. Para tentar diminuir as mazelas desse cenário a Organização das Nações Unidas apresenta o plano de ação para que os Estados, em seus níveis, se comprometam para executar mudanças efetivas.

Lembram das aulas de metodologia de pesquisa que a gente aprende a delimitar tema? Então, o desafio proposto aqui é pensar os objetivos da ONU para a década internacional de afrodescendentes na comunicação. O que podemos, enquanto profissionais e estudantes, fazer efetivamente para que exista “reconhecimento, justiça e desenvolvimento” nas organizações, nas mídias, nas peças e serviços entregues, na academia, no mercado de trabalho, nos fóruns de debates, nos eventos que promovemos e assim por diante?

Vale ressaltar a importância da escuta de não-negros nos infinitos debates e conteúdos que vão acontecer esse mês, não só aqui no VRP, mas em outros meios também. Parece óbvio, mas o racismo não deve ser debatido somente entre oprimidos, mas também, e principalmente entre opressores. Isso não é um apontamento individual, é sobre racismo estrutural e aí já fica o convite para vir conferir o próximo post que vai falar exatamente sobre isso. 😉

Anúncios

Um pensamento sobre “Novembro Afro: e a comunicação com isso?

  1. Pingback: #novembronegro – Mês da Consciência Negra com os Negros Digitais – Blog da Negra Rosa

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s