Relações Públicas Causal e a dinâmica das redes digitais

Por Rogério Ribeiro

network-1246209_1280

As redes sociais digitais, uma evolução do conceito de redes sociais já presente na sociedade desde os primórdios da humanidade, nos permite uma conexão contínua e um acesso constante a informações atualizadas em tempo real.

A tecnologia veio pra ampliar nossas relações, quebrar as barreiras geográficas e temporais, sendo uma extensão das nossas formas tradicionais de interação, uma apropriação das ferramentas comunicacionais. Além disso, esse ambiente é extremamente cativante e imersivo, fazendo com que as pessoas passem horas dos seus dias nessas redes sociais digitais. No Brasil 55% das pessoas acham que a internet se limita ao Facebook segundo pesquisa apresentada no site Olhar Digital.

Hoje, o usuário sentado na frente do seu computador é bombardeado por diversas informações, principalmente aquelas que lhe são relevantes. Em tempos de bolhas ideológicas promovidas pelos próprios algoritmos da internet, cada vez mais os usuários são fechados em seus próprios mundos. Isso dificulta em alguns momentos, a propagação de informações que não estão inseridas no cotidiano dos usuários, mas não necessariamente são irrelevantes pra eles.

Muitas causas sobrevivem da visibilidade e apoio que conseguem, principalmente para a captação de recursos. O “crowdfunding” que chegou junto com esse avanço das redes, hoje, possibilita a arrecadação de verba através de plataformas online, o que facilita muito para os projetos, porém é necessária muita atenção do profissional responsável. Uma descrição errada, pouca informação sobre e os brindes errados, podem fazer com que a campanha tenha até um efeito contrário.

Além disso, o compartilhamento da causa gera engajamento, o que pode trazer em vários casos apoiadores, voluntários e parcerias.

Nesse momento que entra o relações públicas, para que a causa, seja ela qual for, chegue de maneira adequada até um usuário que não está habituado. É necessário um trabalho cuidadoso de relacionamento e informação suficientemente clara, combinados, sem ruídos para esse usuário, do contrário, é possível que este se torne completamente avesso a causa.

Quantos profissionais de relações públicas enxergam esse forte campo dentro da nossa profissão?

O profissional dos relacionamentos, atualmente, precisa estar em outro local, aproveitar a extensão das formas de relação, se transformar em um avatar digital e interagir, mas pra isso, é necessário que este, tenha empatia, alteridade e não se prenda a estereótipos, do contrário não comunicará a causa com o entusiasmo necessário para causar impacto nos usuários.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s