Curiosidade: você sabe por que hoje é o dia Interamericano das Relações Públicas?

Por Diego Galofero e Taís Oliveira

O dia 26 setembro, é um dia festivo para nós e nuestros hermanos, pois comemoramos o Dia Interamericano das Relações Públicas. Comemoramos essa data hoje, pois nesse dia foi instituída a Federação Interamericana de Relações Públicas – FIARP, em 1960 no México. Esteve presente neste encontro  Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, Estados Unidos, Panamá, Porto Rico e Venezuela. Já em 1985 no Paraguai a Direção da Federação transforma a FIARP em Confederação Interamericana de Relações Públicas – CONFIARP. A Confederação é distribuída em três zonas sendo: Centro composto por Panamá, México, Antilhas Holandesas, Costa Rica, Porto Rico e Cuba; Norte com os países Colômbia, Venezuela, Equador e Peru; e Sul composto por Argentina, Brasil, Paraguai, Chile e Uruguai.

Outro órgão que merece ser citado na história das Relações Públicas é a Associação Latino-Americana de Relações Pública – ALARP, criada no Brasil em 1998 seu objetivo é unificar esforços em prol do desenvolvimento do profissional RP. Que pode ser melhor entendida com a fala da Professora e atual Secretária Geral da ALARP Internacional Marcia Carvalhal nesse outro post.

No Brasil existe um trabalho de inteligência coletiva muito rico em prol do crescimento e fortalecimento das Relações Públicas, são dezenas de pessoas, blogs, coletivos e instituições que contribuem de alguma forma para o entendimento e desenvolvimento da profissão. Para tentar entender a dinâmica desses movimentos e relações elaboramos uma rede a partir das páginas no Facebook, técnica pela qual conseguimos identificar os principais nós da rede, os com maior grau de entrada (Todo Mundo Precisa de um RP, RP Brasil, Versátil RP, Blog RP e RP Manaus) e saída (Fantástico Mundo RP, Fala Mais, RP, Versátil RP, RP + RP e RP Manaus), os nós com perfil de conectores, as categorias mais encontradas (Media 11,39%, Comunidade 11,03%, Educação 10,69%, Companhia 6,41% e Universidade 6,41%), entre outras variáveis.  

Para entender essa rede e a rede de Relações Públicas na América Latina que elaboramos especialmente para essa data, veja o post lá no blog do IBPAD.

 

Que tal um pouco mais de história? 

Cronologicamente, a  primeira firma de consultoria de RP, ou seja, o primeiro momento “oficial” da nossa profissão aconteceu em 1904, nos Estados Unidos. Nesse período o país norte-americano passava por uma alta de exigência por transparência nas instituições e quem se destaca nesse cenário é o jornalista Ivy Ledbetter Lee. Ivy foi por um tempo assessor do candidato à presidência Alton Parker na campanha que disputou Theodore Roosevelt. Nesta empreitada para levar Alton ao poder da nação, encontrava-se também George Parker que juntamente com Ivy, viria fundar a cnsultoria Parker & Lee.

Diz a história também, que Lee era preocupado em como as empresas se relacionava com seu público. E se contrapunha à famosa e infeliz frase do empresário norte-americano Willian Henry Vanderbilt aos jornalistas em 1822, “O público que se dane!”. Em contrapartida, Lee, tem a seu favor a bela frase: “O público deve ser informado”, durante um período conturbado de greves nos EUA. O maior destaque de Ivy Lee foi trabalhar a imagem de um dos empresários mais odiados de sua época, John Davison Rockefeller e também por ter formulado a Declaração de Princípios Gerais das Relações Públicas.

No Brasil, destacamos Eduardo Pinheiro Lobo criador do primeiro departamento de Relações Públicas em 30 de janeiro de 1914 na The São Paulo Tramway Light and Power Co, depois apenas Light. Em 2014, em comemoração do centenário deste marco, o Versátil RP postou uma série de entrevistas com pessoas que se destacam na profissão no Brasil.

Eduardo nasceu no dia  02 de dezembro de 1876 em Alagoa, o Dia Nacional das Relações Públicas comemora-se na data de seu aniversário. Lobo morreu em 1933, e a profissão continuou em um processo de crescimento. Destacamos que o  primeiro curso de RP por aqui, surge em 1953 pela FVG. Um ano depois surge a Associação Brasileira de Relações Públicas (ABRP).

Em umas das épocas mais tenebrosas da história do Brasil, a Ditadura Militar, precisamente 1967, através da Lei 5.377 de 11 de dezembro, sanciona-se a regulamentação das Relações Públicas e em 1972 ocorre a aprovação do Código de Ética da profissão. Junto com a lei foi necessário criar um órgão capaz de gerenciar essa demanda, surge então o Sistema CONFERP (Conselho Federal de Profissionais de Relações Públicas), uma autarquia subordinada ao Ministério do Trabalho da qual uma de suas principais funções é a “fiscalização do exercício profissional”, já que para atuar como relações públicas (pessoa física e jurídica) é preciso ser devidamente registrado no conselho. Algumas pessoas até podem discordar de tal obrigação, mas é preciso ter em mente, que a atuação sem o registro é uma atuação fora da lei.

FONTES:

História das Relações Públicas: fragmentos da memória de uma área

Conferp 

O Público que se dane

O pais das Relações Públicas 

A origem das Relações Públicas por necessidade

Declaração de princípios das RPs

One Comment on “Curiosidade: você sabe por que hoje é o dia Interamericano das Relações Públicas?”

Comments are closed.